Aeroporto de Congonhas ganha Novo Nome





Projeto de Lei altera nome do aeroporto e homenageia político brasileiro.

O Presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.450/2017, que tem como objetivo mudar o nome do aeroporto de Congonhas. Regulado pelo projeto de lei, o Aeroporto de Congonhas, localizado na Cidade de São Paulo, passará a se chamar Aeroporto Deputado Freitas Nobre. A nota foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (19).

O projeto de Lei da Câmara foi criado pelo ex-deputado João Britar em 2012 e no último dia 25 de maio de 2017, o projeto foi aprovado pelo Senado, em seguida a lei já entrou em vigor.

A justificativa do projeto segundo o ex-deputado João Britar tem como propósito o reconhecimento, resgatar a memória de um cidadão público, que teve como ideal enfrentar obstáculos para promover a igualdade, a liberdade e a fraternidade entre todos os cidadãos brasileiros.

Veja também:  Dicas de turismo no Pantanal (MT)




O ex-deputado José Freitas Nobre deixou um legado social, foi político, jornalista, advogado, professor e escritor. Destacou-se nas lutas pela redemocratização do país. No cenário politico foi vice-prefeito de São Paulo, na época o prefeito era o Prestes Maia. No ano de 1964, foi vítima de perseguição política na ditadura militar, exilou-se na França. Em 1967 o ex-deputado retornou ao Brasil, foi eleito deputado federal em seis mandados consecutivos. Seu histórico na política foi marcado por lutas dedicando, em especial a luta pela anistia e pelo movimento das “Diretas Já”. O deputado Freitas Nobre era cearense e morreu em São Paulo em 1990.

O Aeroporto de Congonhas recebeu esse nome em homenagem ao Visconde de Congonhas do Campo, chamado Lucas Antônio Monteiro de Barros (1767-1851). O Visconde foi o primeiro presidente da Província de São Paulo, em 1822, após a independência do Brasil. O Aeroporto de Congonhas foi inaugurado oficialmente no dia 12 de abril, em 1936, funcionando oficialmente dois anos depois, isso ocorreu devido a um alagamento que ocasionou o fechamento do Aeroporto. A construção do Aeroporto de Congonhas surgiu da necessidade, pois o Campo de Marte sofria constantemente com alagamentos vindos do Rio Tietê, sendo assim foi construído em um local afastado da cidade, que na época tinha um milhão de habitantes, o local era considerado seguro e prático para aviação.

Veja também:  Turismo em Salvador - Investimentos

Gisele Alves de Brito



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *