Dublin – Curiosidades e Superstições

Dublin, chamada originalmente Dubh Linn que significa “Lagoa Negra”, é a capital e a maior cidade da Irlanda. Fundada pelos vikings e localizada às margens do rio Liffey.

Mundialmente conhecida por seus Pubs, o que não faltam neles são pessoas ouvindo boa música e apreciando uma Guinness. A cerveja faz parte da cultura e é considerada bem mais do que uma simples bebida, pois significa arte, patrimônio histórico e boêmio da cidade. Muitos dos típicos pubs fabricam sua própria breja, feita de modo caseiro, artesanal e degustada fresquinha da fonte.

Uma aura mágica e de fantasias rodeia a capital Dublin, isso porque os celtas eram um povo bastante religioso e cheio de crendices.

Veja também:  Dublin – Irlanda - Dicas para os turistas


Nos contos medievais irlandeses do século 14, por exemplo, nasceu o Leprechaun, um anãozinho sapateiro que esconde um pote de ouro. As fadas também fazem parte da mitologia de origem celta. Estão ligadas ao amor e como protetoras da natureza.

Aliás, o que não falta lá é verde. Tanto é que das florestas da região saiu mais um símbolo da crença celta: o trevo-de-quatro-folhas, transformado em amuleto por magos da era antes de Cristo.

Por esses e outros motivos a capital irlandesa atrai tantos visitantes do mundo todo e é um dos destinos mais procurados por brasileiros que querem estudar inglês no exterior.

Por Levi Rocha



Veja também:  Turismo em Dublin na Irlanda


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *