Turismo em Ilha Comprida (SP)

  


Guia para quem pretende viajar para Ilha Comprida (SP).

Uma Reserva da Biosfera (segundo a UNESCO) e Área de Proteção Ambiental (APA) desde 1987, Ilha Comprida está localizada a 210 km da capital, São Paulo.

Com quase 75km de praias belas e quase desertas, além de mangues, sítios arqueológicos, dunas, povoados, e natureza exuberante, é considerada um verdadeiro paraíso escondido na terra.

Possui uma população de pouco mais de 10.000 habitantes (IBGE-2014) e uma história rica, que inclui o fato de, possivelmente, ter sido a primeira cidade a ser inaugurada pelos portugueses; fato, esse, jamais comprovado, segundo seus moradores, exclusivamente por falta de documentos que atestem o fato.

Abaixo, segue uma lista com os principais pontos turísticos e locais a serem visitados por quem pretende viajar até a paradisíaca cidade de Ilha Comprida.

Boqueirão do Norte:

Considerada o “point” da Ilha Comprida, a praia do Boqueirão do Norte é recomendada apenas para quem gosta de agito.

Lá é realizado anualmente um disputado Festival de Inverno, shows de Blues e Jazz, eventos esportivos; além de lá encontrar-se os principais restaurantes, bares e zona comercial da ilha.

Praia das Pedrinhas:

A Praia das Pedrinhas é um lugar quase isolado, com uma pequena vila de pescadores, dunas, golfinhos, natureza quase intocada, águas agitadas, além de uma razoável infraestrutura que deve ser conhecida por quem pretende viajar para Ilha Comprida.

Fica a 60 minutos do Boqueirão do Norte, próxima à cidade de Cananeia, em um dos extremos da ilha.

Praia do Boqueirão do Sul:

Ideal para ser visitada no verão, já que no outono é invadida pelas temíveis águas-vivas, destaca-se pela sua imensidão e por ser um lugar semisselvagem localizado ao sul da Ilha Comprida.

Suas águas são limpas, tranquilas, porém não possui infraestrutura; o que obriga os visitantes a se deslocarem até a cidade de Cananeia (que não fica muito longe).

Museu Municipal de Cananeia:




Veja também:  Turismo em Florianópolis SC

Ao viajar para Ilha Comprida, não custa conhecer esse espaço modesto, simples, mas onde está registrado o passado da região.

Por R$ 3,00 o visitante irá admirar telas repletas de fotografias do passado, objetos, utensílios de pesca; além do seu grande destaque: um imenso tubarão branco empalhado (com cerca de 5,30 metros de comprimento), que seria o segundo maior do planeta.

Clube de Canoagem de Cananeia:

Para quem prefere uma aventura diferente, vale a pena conhecer esse clube onde o visitante terá o auxílio de um instrutor e equipamento profissional, para a prática da canoagem e do chamado stand up paddle.

É o lugar preferido para quem pretende praticar atividades físicas, tendo a natureza como pano de fundo.

Praia Ponta da Praia:

Já essa praia é uma das várias existentes em Ilha Comprida, onde o visitante estará cercado pela natureza, águas tranquilas e limpas, rios; além do sossego típico de uma praia quase deserta.

As principais curiosidades do lugar são suas casas em ruínas devido à ação do mar; além da possibilidade, se tiver muita sorte, de encontrar os famosos lobos-guarás.

Praia de Viareggio:

A Praia de Viareggio também não deve deixar de ser uma das opções para quem vai viajar para Ilha Comprida.

Fica entre a Praia das Pedrinhas e a Praia da Ponta do Sul e também é praticamente deserta.

Possui uma natureza quase intocada, águas tranquilas e limpas, praia bastante extensa, um dos mais belos visuais da ilha; além de repleta de golfinhos, baleias e demais animais silvestres.

Por Vivaldo Pereira da Silva


Veja também:  Turismo em Barra dos Coqueiros (SE)




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *