Dicas de Lojas Físicas para compras no Exterior.

Quando as pessoas estão realizando excursões fora de seus países, além de experimentarem ao vivo o prazer das mais belas paisagens e culturas de outras nações, uma parte das viagens se realiza pela aquisição de bens no exterior. Assim, fazer compras nos Estados Unidos está entre os assuntos sempre em alta, no seio do típico povo brasileiro que costuma se deslocar com frequência para aquela nação. Se as escolhas de viagens se destinam a Nova York, a Orlando, a Las Vegas, a Califórnia ou ao Texas, o que quer que se possa comprar nessas regiões é sempre cobiçado.

Entre as melhores áreas de comércio, as mais movimentadas estão as cidades de Miami e Orlando, onde os turistas podem encontrar grandes shoppings, inclusive muito próximos um ao outro, congestionando as duas cidades com comércios voltados para turistas.

Na cidade de Nova York o viajante pode se encontrar no cerne de uma das maiores metrópoles do mundo. Nela o turista não encontrará shopping centers, mas, cadeias de lojas instaladas em prédios, como também áreas recheadas de lojas de todos os tipos.

Se o turista decidir ir para a capital, Washington DC, ele testemunhará o mesmo esquema de comércios. Entretanto, nas cidades próximas a esses grandes centros é possível encontrar shoppings de verdade, e maiores que os do Brasil, entre as butiques.

Mais próximo de Washington existe o famoso Pentagon Center, em Pentagon City. Em geral, os bens mais adquiridos são roupas, assim, a organização dos shoppings é a de expor as coleções mais atualizadas nas lojas, além de grande variedade de outros tipos de mercadorias. É fato que os bens custam muito mais caro na América do norte, sendo que os preços, em geral, serão mais salgados quando os turistas decidem comprar nos outlets, ou nos pontos de venda.

Existem ainda as grandes cadeias de comércios como a Premium Outlets e também a Tanger Outlets, além de redes independentes, tais como o Jersey Gardens, entre outras opções.

Entre as famosas lojas de departamento, verdadeiros shopping centers, há em Nova York duas das mais frequentadas por turistas de todo mundo, a Century 21 e a Macy’s. Tanto a Walmart como a Target estão entre as melhores lojas desse setor, dispondo à venda todo tipo de bens. Outras opções são a Best Buy e a Fry’s, que constituem comércios próprios de eletrônicos. Para quem busca artigos para o lar, há a loja Bed Bath and Beyond. Existem, também, comércios que trabalham com descontos, tais como a Marshalls, a Century 21 e a Ross Dress for Less. Outra dica importante é buscar nas próprias lojas informações sobre as taxas e os impostos sempre cobrados.

O mesmo tipo de precaução é recomendado para turistas que vão para a Europa, onde a quantidade souvenirs de diversos tamanhos é grande. Quando as pessoas viajam para outros países, em geral, elas não guardam apenas fotos e memórias, elas desejam adquirir bens de todos os tipos, ou comprar presentes para seus entes queridos, tais como: camisetas do tipo I Love NY, pequenas réplicas da Torre Eiffel ou mesmo chocolates belgas, enfim, uma série de objetos que terão que ser bem organizados nas malas.

Esta é outra dica importante, na hora das compras, já que as pessoas tendem a se empolgar muito, a comprar compulsivamente sem meditar sobre os custos e sobre como carregar tudo na hora de voltar para os seus países de origem. Como já foi indicado, é importante pesquisar bastante, antes de adquirir qualquer coisa, além de consultar os melhores preços.

Se a pessoa está em condições de gastar bastante e pretende comprar um mundo de coisas para levar ao Brasil, é bom estar ciente de levar malas maiores, e estar preparado para arcar com os custos de peso das bagagens.

Outra dica importante é que os viajantes tratem de experimentar, testar tudo o que compram. Em muitos países os impostos não estão implícitos nos preços dos produtos, portanto, perguntar aos comerciantes nunca é demais. É válido utilizar outros modos de pagamento, exigir nota fiscal e cuidar com o acesso de bagagem e de peso.

Por Paulo Henrique dos Santos

Compras no Exterior


Fique por dentro dos atrativos e saiba o que fazer durante a sua viagem para Miami.

Todos os brasileiros já sonharam em ir para Miami. Seja por conta das festas ou das lindas paisagens, é certo que esse destino atrai mais do que tudo, muitos compradores! O paraíso das compras, como é conhecido, é uma diversão imensa para quem adora comprar e olhar vitrines!

Se você é super consumista ou não perde uma promoção na outlet, certamente você está no lugar certo. Além disso, o clima do local é agradabilíssimo para quem gosta de praticar atividades ao ar livre. Se você está de férias e quer aproveitar o mar, Miami também é uma boa escolha. Vida noturna, passeios turísticos e gastronomia! Isso tudo você pode esperar desse destino incrível!

Passeios

Vá a pé ou de bicicleta, mas não se esqueça de passar pela Ocean Drive, um dos points de Miami Beach. A avenida da qual falamos fica a beira mar de South Beach e é cheia de coqueiros! Essa rua tem diversos restaurantes e boates bem badaladas, sendo um ponto de muito movimento durante a alta temporada. Se você passa por lá no fim da tarde de domingo, por exemplo, vai ver uma fila de carros esportivos, além de muitos estabelecimentos com música ambiente.

A Lincoln Road é um outro ponto muito bem frequentado. Ir a Miami e não dar uma voltinha por lá não é permitido! Brincadeiras a parte, nessa rua fica um dos maiores centros comerciais da cidade. Esse local chama muita atenção, sendo super movimentada tanto de dia quanto de noite. Se você quer procurar um restaurante bacana e sentir o clima frenético da cidade, procure a Lincoln Road.

Para aproveitar o mar

Se você é fã das praias e do mar, não deixe de aproveitá-los. A água tem cor esverdeada e é muito limpa! Aproveite para tomar um sol em South Beach. Além dessa faixa de areia, você pode aproveitar também a praia que fica no Norte da cidade, a North Beach. Caso você queira um local mais tranquilo para descansar e curtir a praia, essa segunda opção é mais indicada para você! Quer ver águas cristalinas? Visite o Haulover Park.

Atrações para crianças

Tem duas atrações bem legais em Miami para quem quer se divertir com as crianças: a Jungle Island e o Miami Seaquarium! Existe também uma piscina pública que foi inaugurada em 1923, chamada Venetian Pool. Para levar os pequenos para contato artístico, vale a pena dar uma volta em Wynwood District. Esse bairro tem diversas ruas e paredes inteiramente renovadas através do grafite! Outro lugar legal para passear é o Vizcaya Museum and Gardens! Esse local trata-se de uma residência com jardins encantadores e uma decoração deslumbrante.

Para os que gostam de natureza

O jardim botânico Fairchild Tropical dá a oportunidade para conhecer diversas borboletas, de várias cores, tamanhos e espécies, além de muitas plantas! No final da South Beach há um parque chamado South Point Park. Esse lugar é magnífico para ver o pôr do sol!

Vale a pena também embarcar nas águas de Biscayne Bay. Nessa viagem de barco, você pode ver as casas de muitos milionários e artistas! Entre outubro e maio acontece a famosa temporada de NBA. Caso você esteja em Miami nessa época, pode acompanhar um dos jogos!

Para fazer compras

Shopping é o que não falta em Miami! Visite o roteiro de compras mesmo que você não vá renovar o guarda-roupas, pois vale a pena. Bayside Marketplace é um bom lugar para comer e aproveitar o visual! Para economizar, vá ao Sawgrass Mills, mas se puder ostentar, procure pelo Bal Harbour e pelo The Village of Merrick Park!

Carolina B.


Veja aqui os melhores lugares para realizar compras em Miami.

Não é à toa que a cidade de Miami faz sucesso entre todas as pessoas, principalmente entre os brasileiros! No local há praias paradisíacas com um belo mar azul esverdeado e transparente, nas praias existem orlas agradáveis, onde muitas pessoas praticam esportes e passeiam entre a família e amigos em geral. Miami possui programas para o dia e para a noite, restaurantes com gastronomias variadas e baladas para todas as tribos e gostos musicais. Mas não é isso que faz os turistas se alegrarem em Miami, são as compras! Em todo o país existem ótimas cidades para fazer compras, mas Miami em especial, tem um dos principais lugares na lista de cidades para fazer compras para os brasileiros.

Não é para menos que a cidade de Miami é uma das preferidas, os bairros e as ruas comportam exatamente este tipo de atividade, que pode até ser considerado uma forma de lazer, há nas ruas principais e até nas mais afastadas do centro, muitas lojas com artigos variados, sendo roupas, calçados, brinquedos e até artigos esportivos. Há também a opção de fazer compras nos incríveis shoppings que a cidade comporta. Existem opções para todos os gostos e perfis.

Muitas pessoas viajam para este maravilhoso destino apenas para comprar, tanto para colocar roupas para o dia a dia no guarda-roupas, para comprar itens para o seu enxoval tanto de casamento, quanto do seu bebê, há aquelas que vão para Miami fazer compras para a suas respectivas lojas, ou até mesmo para comprar seu vestido de noiva ou de festas. É claro que para cada coisa que você pretende comprar, precisa se encaminhar para o centro comercial correto para o objetivos de compra.

É claro que quem quer comprar vestidos de festas não deve procurar no mesmo lugar que alguém que está indo para a mesma cidade comprar artigos esportivos ou roupas básicas, por exemplo.

Por isso preparamos algumas dicas para você que está pensando em viajar para Miami para fazer compras. Dê uma olhada no que preparamos para você e sua viagem, e boas compras!

Dê uma passadinha em Sawgrass Mills

Se você está pensando em comprar roupas em Miami, você precisa passar em Sawgrass Mills, provavelmente irá encontrar tudo o que está pensando comprar lá nessa região, que é onde fica o maior outlet de Miami e região. Você irá se deparar com mais de 350 lojas de grifes, marcas que são super famosas e caríssimas aqui no Brasil, lá encontrará por 60% mais barato que as lojas brasileiras.

Além deste lugar, você também pode conhecer a Dolphin Mall, que é um pouco menor que a região de Sawgrass, mas é tão ótima quanto.

Para comprar eletrônicos e artigos de bebê

Há os outlets para comprar roupas de bebê e outras coisinhas que os pequenos precisam e merecem, também tem locais que são outlets para artigos eletrônicos. Se você está pensando em comprar celulares, computadores e eletrônicos neste naipe, confira a loja da Apple na Lincoln Road, caso queira comprar produtos infantis e artigos para os bebês, conheça a loja Babies’R’Us, que é uma rede enorme em Miami e pode ser encontrada em toda a cidade.

Cupons de descontos podem ser nossos melhores companheiros de compras

Antes de ir para a sua maratona de compras em Sawgrass Mills, em Dolphin Mall ou em qualquer outro lugar totalmente comercial. Vá em busca dos cupons de desconto em sites online. Se for em Sawgrass, pode encontrar no site oficial, os cupons que precisam ser impressos estão no link Deals, no alto da página.

David Ferreira


Confira aqui os melhores lugares para fazer compras em Nova York.

Se você pretende viajar para os Estados Unidos da América (EUA), confira algumas dicas de lugares em New York (NY) para fazer compras com variedade de produtos e com um preço bom. Aqui você vai saber sobre 10 lugares considerados como melhores para fazer compras em NY. Vale a pena anotar a lista top 10 para aproveitar os dólares da melhor maneira. Em muitos estabelecimentos você pode adquirir produtos até mais em conta do que os valores de venda no Brasil. Assim, prepare o bolso e confira se a cotação do dinheiro americano compensa.

Quinta Avenida

Nessa localidade há várias lojas renomadas como Prada, Louis Vuitton, Tiffany & Company, Gucci, entre outras. É considerado o melhor lugar para fazer compras em NY, pois reúne diversas marcas de moda infantil, masculina e feminina.

Macy's

Esse estabelecimento é a maior loja de departamento do mundo. No total, são 9 andares com inúmeros setores de produtos, como perfume, maquiagem, roupas, relógios, óculos, sapatos, cama, mesa e banho.

A Macy's fica aberta até às 10 pm. Se você tiver disposição e tempo para comprar, vai valer muito a pena.

Bloomingdale’s

Além da Macy's, é considerada uma das grandes lojas nova iorquinas. No total, são mais de 30 lojas em toda a América. Diversos produtos são oferecidos aos clientes, da moda masculina e feminina, além de acessórios, joias e cosméticos. Anote o endereço: na 59th Street com a Third Avenue.

Century 21

A Century 21 é uma boa opção para quem vai gastar dólares em compras. Aqui você vai encontrar mercadorias de famosas marcas com preços ainda mais baratos, embora seja menos sofisticada que a Macy's. Um dos destaques da Century 21 é o setor de acessórios e cosméticos. Mas também há produtos masculinos, esportivos e muitos outros. É como ir a um outlet sem sair da cidade de New York.

SoHo

Se você gosta de comprar, essa região é muito favorável para você conhecer vária lojas renomadas, como por exemplo, Hollister, Louis Vuitton, Forever 21, H&M, Zara, MAC, Victoria’s Secret e muitas outras. Nesse bairro, as lojas ficam próximas umas das outras. Na SoHo você vai passar horas e horas nos vários estabelecimentos comerciais.

H&M

Hennes & Mauritz é uma loja bastante famosa. Em Nova York o estabelecimento ganha destaque pelos preços baixos que oferece pelos produtos de qualidade. Vale a pena conferir para renovar o guarda-roupa. Lá há roupas femininas, masculinas e infantis.

Barney’s New York

Reconhecida pelos seus produtos sofisticados e de luxo, a Barney’s New York oferece produtos bem diferenciados. Mas se você tem interesse em adquirir um artigo dessa marca, pode esperar por sua liquidação, que é realizada a cada 6 meses. Muitos produtos podem ser adquiridos com um desconto interessante.

Avenida Madison

Nessa avenida estão localizadas várias lojas de estilistas famosos. Aqui você pode comprar mercadorias elegantes e sofisticadas. Anote o endereço: entre a 59th e a 79th Street (Rua).

Henri Bendel

Nessa boutique você também encontra mercadorias luxuosas e com glamour, como roupas, joias, maquiagem, entre outros. A Henri Bendel foi fundada em 1896 e ainda hoje tem uma proposta inovadora em seu setor de moda feminina. Com essa diversão, muitos clientes de vários lugares do mundo são atraídos.

Avenida 6th

Nessa região você encontra superlojas para fazer suas compras. E perto da Avenida 18th, os centros comerciais incluem Bed, Bath and Beyond, onde é possível comprar itens para sua casa; Old Navy, onde você pode adquirir roupas descontraídas e a T.J. Maxx, um grande outlet de moda.

De modo geral, as lojas de departamentos são interessantes para fazer compras, pois você encontra uma grande variedade de mercadorias com um ótimo preço.

Melisse V.


Confira aqui algumas dicas de passeios para se fazer em Nova York.

Nova York, nos Estados Unidos, é um dos destinos mais visitados do mundo. Não é para menos, a cidade é repleta de pontos turísticos famosos e que encantam milhares de turistas. É impossível visitar esse local e deixar de conhecer a Estátua da Liberdade ou fazer um passeio pelas ruas do Soho.

Você vai viajar para Nova York em breve? Confira abaixo quais são os passeios indispensáveis para o seu roteiro de viagem!

Passeio pelo Soho, Little Italy e Chinatown

Soho, Little Italy e Chinatown são três bairros localizados ao sul de Manhattan. Para começar, faça um passeio pela Prince Street, que está na área central do Soho. Quem gosta de arquitetura pode seguir pelas ruas do Distrito Histórico para apreciar as construções de ferro feitas no final do século XIX. Nesse ponto, os turistas podem conhecer aproximadamente 26 quarteirões que comportam prédios industriais, que apresentam fachadas decoradas com elementos de ferro fundido. As ruas têm calçamento original em pedra, onde também estão as lojas das grifes mais desejadas do mundo.

Em Chinatown, você pode fazer um mergulho pela cultura chinesa, aproveitando para conhecer a culinária típica e o comércio, além de caminhar pela região histórica de Five Points até Columbus Park. Também é recomendado passar pela Little Italy e conhecer as histórias da comunidade italiana.

Visite a Estátua da Liberdade

Ao viajar para Nova York, você não pode deixar de visitar a Estátua da Liberdade. Este monumento foi um presente da França para os Estados Unidos, em 1886, no Centenário da Independência Americana, sendo conhecido como um símbolo da liberdade e democracia. A visita pode ser feita a pé ou por meio de um passeio no Barco Spirit, que navega no Rio Hudson e oferece uma vista maravilhosa.

Conheça o Central Park

O Central Park é considerado o coração verde de Nova York. O parque é composto por 3.400.000 m². Inicie o passeio a pé na esquina da Rua 59 com a Quinta Avenida, onde é possível ver a Loja da Apple e o Hotel Plaza. Seguindo em frente, o turista se depara com o belo lago ‘’The Pond’ e o Central Park Mall, que é rodeado de árvores centenárias e que oferece vista para os prédios antigos do Upper West Side.

Andando pelo ponto turístico, você também pode conhecer o Strawberry Fiels, que é o memorial de John Lennon e um dos locais mais visitados da região, estando localizado a poucos minutos do tradicional Edifício Dakota, em que o cantor Lennon morou e foi assinado.

Explore a Time Square

Passear pela Time Square é um passeio interessante de dia e principalmente à noite. Esse lugar oferece um espetáculo de luzes e muitas atrações. É indicado passar pelo Lincoln Center e o Jardim de Inverno do World Financial Center. Faça a travessia da Manhattan Bridge para contemplar as vistas proporcionadas pela Ponte do Brooklyn e do sul de Manhattan. Vale a pena ir para no mirante do River Café, que está às margens do Easy River para observar a iluminação noturna da cidade.

Aproveite para visitar o Empire State Building

Considerado um símbolo do poderio econômico de Nova York, o Empire State Building é um arranha-céu estruturado em 102 andares, tendo sido construído no estilo Art Déco, situado na esquina da 5ª Avenida com a Rua 34. O nome do monumento é derivado do apelido concedido ao estado de Nova York, no período em que este era classificado como carro chefe do país e chamado de Empire State (Estado Império).

O prédio foi o construído em 1931, tendo sido o mais alto do mundo por quarenta anos até a construção da Torre Norte, pertencente ao World Trade Center, no ano de 1972. Depois do atentado de 2001, o Empire State voltou a ser o mais alto de Nova York, perdendo o título recentemente para a Freedom Tower, que foi levantada no mesmo local onde estavam as torres gêmeas.

Simone Leal


Saiba aqui quais são as novas regras para tirar visto norte-americano.

O novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou recentemente um decreto polêmico sobre imigração. As novas regras atingem também os brasileiros.

As principais mudanças estão na renovação e emissão dos nossos vistos para os Estados Unidos. As informações, que começam a vigorar nesta semana, já foram confirmadas pela embaixada norte- americana.

A partir de agora, somente os brasileiros que derem entrada na renovação de seus vistos em até 12 meses após o vencimento estarão isentos da entrevista. Antes, os solicitantes de renovação tinham prazo de até 48 meses.

A margem de idade também sofreu alterações. Antes das novas regras, menores de até 16 anos e pessoas com mais de 66 anos não eram convocadas para entrevistas. Com as mudanças, a margem diminuiu e apenas menores de 14 anos e maiores de 79 serão dispensados das entrevistas.

O decreto que altera normas imigratórias gerou uma enorme polêmica em todo o mundo. Assinado na semana passada, ele proíbe não apenas a entrada de qualquer cidadão muçulmano em solo americano como também a chegada de refugiados.

Mesmo antes do endurecimento dessa lei, os brasileiros já estavam encontrando mais dificuldade para viajar aos Estados Unidos. Segundo pesquisa realizada pela Travel State, o número de recusa de vistos triplicou no último ano. De 2014 para 2015, o percentual de vistos negados correspondia a pouco mais de 5%, já no período de 2015 a 2016 as respostas negativas superaram a margem de 16%.

Segundo especialistas, o aumento no número de recusas de vistos é consequência da crise econômica que estamos atravessando. Há muito mais desconfiança de que os brasileiros queiram entrar no país para trabalhar, afinal, a taxa de desemprego chegou a 12%, uma das mais altas já registradas até hoje.

A recomendação para aqueles que pretendem tirar seu visto é comparecer com documentação extra. Assim, caso seja solicitado, é mais fácil provar as condições financeiras e a intenção de voltar ao Brasil.

Outro ponto fundamental é que o preenchimento dos formulários deve ser feito com bastante atenção. Muitas pessoas acabam preenchendo algo errado e como os agentes possuem pouco tempo para análise, é comum que o visto seja negado.

Por Beatriz


Confira aqui algumas dicas dos melhores outlets para ir fazer compras em Miami.

Quais os melhores outlets de Miami? Descubra aqui!

Já está com as passagens compradas? Tudo certo para a viagem? E as compras?

Para não se perder durante os dias e acabar perdendo metade do passeio correndo atrás das melhores lojas e promoções, confira aqui as dicas para quem vai passear, mas na verdade, está é com as malas vazias em busca das oportunidades.

Para definir o roteiro de compras, o ideal é pensar primeiro em quanto tempo vai durar a viagem. Se o tempo é maior, vale a pena bater perna e correr atrás das promoções – mesmo que elas não estejam tão facilmente localizadas. Em Miami, muitos dos melhores outlets não ficam nos grandes centros comerciais. Alugar um carro é uma opção barata e que traz muita comodidade.

A cerca de 50 km do centro de Miami, em Fort Lauderdale, com fácil acesso e aberto o dia todo, está o Sawgrass Mills, um dos melhores e maiores outlets de toda a Flórida. Existem tantas opções que o cuidado aqui é para não perder o foco.

Dica importante: compre os itens de sua lista primeiro. Muitas vezes, diante de tanta coisa, as pessoas se perdem nas compras e quando chegam ao Brasil percebem que deixaram de trazer as que mais queriam.

No Sawgrass há mais de 300 lojas e as promoções são constantes. Nike, Victoria’s Secret, Polo, Ralph Loren, Calvin Klein são apenas algumas das opções. Separe pelo menos uma tarde para poder aproveitar todo o complexo de compras.

Outro outlet imperdível é o Dolphin Mall. Além das lojas mais badaladas, ele possui uma área de lazer e gastronomia que atrai quem não está a fim só das compras.

Não possui tantas promoções quanto o Sawgrass, mas é bem próximo de Downtown e tem mais de 200 lojas com as marcas mais cobiçadas pelos brasileiros.

Se a busca é por marcas mais refinadas – e caras – a opção é o Aventura Mall. Lá, entre as mais de 300 lojas, o visitante poderá encontrar Burberry, Ferrari e Diesel com preços bem melhores. Apesar de um pouco mais afastado, vale a visita.

O Florida Keys é o menor dos outlets – e talvez o mais charmoso. Com 46 lojas a céu aberto, é um refúgio para toda a agitação e movimento dos outros lugares de compra. Adidas, Levi’s, Aeropostale, Gap, Guess, Nike têm lojas no Florida Keys, com promoções incríveis. É o lugar ideal para quem tem uma lista de compras definida e, com o tempo que vai sobrar, pode-se fazer um passeio no final da tarde.

ANA CAROLINA HADDAD


O Brasil tem diversos lugares lindos para os turistas aproveitarem e muita gente desconhece as paisagens maravilhosas que temos por aqui. Para mostrar o potencial turístico que o Brasil tem para os Americanos, a operadora Latour Laton América com apoio da Embratur, realizou até o dia 10 de outubro, um roadshow que contou com a participação de cerca de 500 profissionais norte-americanos do ramo turístico.

O roadshow teve o intuito de passar informações de qualidade sobre o que o Brasil pode oferecer com seus diversos destinos para turismo. Vicente Neto, presidente da Embratur, acrescenta que a participação da operadora Latour Laton América no evento roadshow é muito importante, pois busca apresentar o Brasil em o seu lado turístico podendo ressaltar as belíssimas praias e ecoturismo possíveis para se fazer aqui.

Para demonstrar tudo isso foram realizadas diversas palestras com workshops com o objetivo de aumentar o número de turistas para o Brasil. Fazem apresentação, também, por meio dos “suppliers” que são fornecedores ou podem dar a oportunidade para os agentes de viagem dos EUA de conhecer os diferentes destinos turísticos do Brasil e trazer novas pessoas para cá.

O cenário atual de turismo em nosso país é atraente aos EUA, sendo o segundo país que mais envia clientes para o Brasil, em 2013 houve 592.827 visitantes com origem de cidades norte-americanas. A oportunidade agora é de disponibilização de pacotes com valores atrativos para atingir mais americanos.

Sobre a Latour Latin America:

A Latour Latin América é uma grande operadora de turismo dos EUA. Tem uma rede ampla para atendimento das pessoas que querem viajar, conta com 600 agências de viagens, as quais ofertam viagens aqui para o Brasil, nos destinos para Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu, Manaus, Salvador, Amazonas, Porto de Galinhas, Olinda, Fernando de Noronha, Pantanal, Mato Grosso, Recife, Florianópolis, Búzios, Natal, Fortaleza e Rio Grande do Sul.

Por Juliana Ghisi


Final do ano já está aí e a época das viagens se aproxima. Mas antes de sair arrumando as malas, saiba que é necessário muita organização para não acabar passando "perrengue" ou mesmo perder a viagem.

A maioria dos turistas na época de férias embarca mesmo é para os Estados Unidos. Muitas destas pessoas já possuem o visto há alguns anos e não reparam na data limite de expiração.

Se este é o seu caso você tem de atentar-se ao passaporte. Para entrar no país é necessário validade mínima de seis meses e visto de entrada.

Mais informações para validação, conferências ou dúvidas acesse o site www.visto-eua.com.br

Por Victor Gonçalves


– Venezia Hotel
Com equipe multilíngüe, os hóspedes não terão problemas se precisarem de alguma ajuda das pessoas do hotel. O café da manha é cortesia. A partir de R$ 68 por quarto.
O hotel fica no número 3865 da Indian Creek Drive,em Miami Beach.

– Hotel Roma Golden Glades Resort
O hotel oferece academia, acesso à internet de cortesia – em área públicas, caixa eletrônico, equipe multilíngue, serviços de babá, de casamento, entre outros itens. Os quartos são completos. A partir de R$ 78 por quarto.
O resort fica no número 16805 na Nw 12th Avenue, emMiami Gardens.

– Runway Inn Miami International Airport
Também possui equipe multilíngue o que facilita para os hóspedes. Oferece jornais de cortesia e traslado do e para o aeroporto também de cortesia.
O hotel fica no número 656 East Drive,em Miami Springs.

Fernanda T. Sodré


Conseguir um local para ficar em New York é fácil, o que é difícil é encontrar um lugar bom, barato e bem localizado. Ainda mais se a viagem for feita na alta temporada. Algumas operadoras consideram como alta temporada os meses maio, junho, setembro, outubro e novembro, ou seja, alguns meses na primavera e outros no outono.

A região da Times Square e Midtown compreende um grande número de hotéis. Como exemplo tem o Crowne Plaza Times Square, cuja diária vai de US$ 391.02 até US$ 1,514 e fica localizado no 1605 da Broadway, telefone 1-212-977-4000. O hotel é muito bem localizado assim como o Doubletree Guest Suites Times Square, cuja diária começa em US$ 271.15. O Doubletree fica localizado no número 1568 na Broadway e o telefone é 1-800-222-TREE.

Procurando por um hotel bem localizado mas com uma tarifa melhor, existe o Ipanema Chalet, na 13 West 46th Street. O preço do apartamento standard é US$ 140 por noite e o preço do apartamento suíte é US$ 170 por noite.

Fernanda T. Sodré


Os fãs de Harry Potter agora possuem motivos de sobra para sorrir de orelha a orelha. Além do último filme do bruxinho (que será divido em duas partes) sair este ano, no dia 18 de junho haverá a abertura do The wizarding World of Harry Potter, no Universal’s Islands of Adventure.

Lá os visitantes poderão aventurar-se pelo mundo encantado de Harry, beber cerveja amanteigada, visitar Hogwarts, comprar orelhas extensíveis na Zonko’s e sentirem-se um pouco bruxos também.

Será como estar dentro dos livros e filmes da série criada por J.K Rowling. A atração é garantia de muito sucesso, público e diversão.

Por: Teresa Almeida


São Francisco, na Califórnia, é uma das cidades mais cosmopolitas dos Estados Unidos. Os centros comerciais famosos, os lugares históricos e a badalação fazem da cidade uma das mais procuradas do país pelos turistas.

O cartão postal da cidade é a ponte Golden Gate. Já para os que preferem programas ao ar livre, a Área de Recreação Nacional de Golden Gate é um bom lugar para curtir os momentos de lazer.

Quando visitar São Francisco, não deixe de passear em seus bondes centenários. Outra opção de passeio é no parque Alcatraz, que já funcionou como prisão de segurança máxima, o Píer dos pescadores, o Museu de Arte dos Desenhos e o Ocean Beach.

Por Rosana Radke


A cidade não é apenas atrativa por ter sido berço do roqueiro americano mais famoso: Elvis Presley; ela tem muitas opções de passeio. A mansão Graceland, patrimônio da família Presley, funciona como museu, e é um dos lugares mais visitados da cidade, ela chega a receber cerca de 600 mil visitantes por ano.

Quem visita a cidade se depara com estatuas de Elvis por alguns pontos da cidade. Mamphis é considerada uma das três mais importantes da música norte-americana, ao lado de New Orleans e Nashville.

Localizada às margens do rio Mississipi, Memphis também reúne muita beleza natural e boa infra-estrutura.

Por Rosana Radke


A capital do Colorado, Denver, é uma das cidades com paisagens e pontos turísticos mais lindos dos Estados Unidos. Museus, shoppings, montanhas e rios embelezam e atraem turistas à cidade.

Quem visita Denver não pode deixar de conhecer o Museu de História Natural de Denver, um dos mais importantes do estado. Reserve um tempo para passear pelas ruas do centro da cidade, e também para assistir uma partida de hockey no gelo.

Aos que gostam de fazer umas comprinhas, o Castle Rock é o lugar ideal. Neste shopping de fábrica, marcas famosas podem ser encontradas por preços bem abaixo da média.

Por Rosana Radke


Durante o inverno a cidade de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos, é um dos destinos preferidos de turistas do mundo inteiro. A cidade apesar de pequena, com 9,5 quilômetros quadrados, tem fama em todo mundo por conta de suas belezas naturais.

Montanhas, hotéis, restaurantes e lojas caras são marcas registradas da cidade. Para quem gosta de praticar esportes, Aspen tem atrações como: práticas esportivas na neve, ciclismo, balonismo, camping e escaladas.

A cidade tem apenas 6.000 habitantes, mas na alta temporada, de dezembro a março, chega a acolher 27.000 moradores. A noite em Aspen não é tão agitada quanto a de Las Vegas, por exemplo, mas tem opções de sobra em seus bares e restaurantes.

Por Rosana Radke


O estado da Califórnia, nos Estados Unidos, se destaca como um dos principais destino de degustação de vinhos. Somente no estado, há cerca de 2700 vinícolas, a Califórnia é o maior produtor da bebida do país.

A maior parte dos vinhos fabricados é classificada como espumantes e de sobremesa, doce. Entre os tintos, o estado produz bons vinhos dos tipos cabernet, syrah, merlot, sauvignon, pinot noir.

A cidade de Santa Barbara é uma das cidades que mais se dedica à fabricação de vinhos. A melhor época para conhecer as vinícolas californianas é entre agosto e setembro, quando ocorrem as principais colheitas de uvas.

Por Rosana Radke


Atualmente Houston é a maior cidade do Texas e a quarta maior dos Estados Unidos, embora a cidade esteja longe de tudo, há muitas coisas para se fazer. Mesmo em meio a um deserto, a modernidade toma conta da cidade.

Para quem quer apreciar a cultura do local, vale visitar o Reliant Stadium, que abriga os melhores museus e galerias de arte. Aos que preferem badalação, a dica é ir ao Bayou Place, um lugar com vários restaurante e casas noturnas.

Na cidade de Houston há um importante museu de ciência, o Houston Museum of Natural Science, que abriga pedras preciosas, objetos trazidos do antigo Egito e até ossadas de dinossauros.

Por Rosana Radke


Kansas City, não é tão badalada como outras cidades americanas, mas não é menos interessante. Na verdade a cidade é dividida em duas partes: uma delas fica no estado do Kansas e outra no Missouri.

Entre as atrações mais visitadas da cidade há o Arabia Steamboat Museum, um navio que havia naufragado em 1856 e hoje serve como museu. Outro museu interessante é o Kansas City Museum, que ajuda a contar a história da região.

Para se ter uma boa vista da cidade, o ideal é pegar o elevador do Liberty Memorial, um monumento construído em 1919, em homenagem aos mortos da 1° Guerra Mundial. O elevador alcança uma altura de 70 metros.

Por Rosana Radke


A Filadélfia, que já foi capital dos Estados Unidos, abriga muita história e cultura da população americana. A duas horas de Nova York, a Filadélfia é um importante pólo turístico do país.

Aproveite sua ida a antiga capital americana para passear no Philadelphia Museum of Art, que guarda importantes obras e coleções. Se preferir, pode passear pelo centro da cidade montado em uma bicicleta, atrás deste museu há um galpão que aluga  bicicletas aos turistas.

Quem gosta de comer um bom café da manhã à moda americana, deve ir ao Sabrina’s Café, mas é preciso chegar cedo, bem cedo, porque o lugar vive lotado e as filas são enormes.

Por Rosana Radke





CONTINUE NAVEGANDO: