Como Diminuir os Efeitos do Jet Lag durante as Viagens



Confira algumas dicas de como diminuir os efeitos do Jet Lag durante as viagens.

Quase todas as pessoas gostam de viajar, seja por lazer ou a trabalho, o fato de sair de casa e mudar um pouco a entediante rotina, pode nos fazer muito bem. O maior problema, na maioria dos casos, é quando o voo é muito longo, o que pode atrapalhar o nosso relógio biológico, afetando e muito o nosso organismo. Essa sensação estranha que sentimos ao acordarmos em outro continente e com os horários totalmente diferentes do que estamos acostumados se chama Jet Lag, o que são as alterações do todo o nosso ciclo cicardiano, que é responsável pelo bom funcionamento do organismo como um todo.

Veja também:  Viagem para Europa Mais Barata em 2018

A médica especialista em sono, Cláudia Moreno, dá algumas dicas para aqueles que viajam constantemente e são obrigados a enfrentar o Jet Lag em toda a viagem.



A primeira dica é tentar fazer uma pequena simulação do horário do destino, pois dormir no avião pode ser algo muito complexo já que é um local com iluminação artificial o tempo inteiro, dificultando o nosso sono. Dependendo do horário que a pessoa vai chegar no outro país, não compensa dormir no avião para não ficar sem sono a noite. Outra valiosa dica é fazer uma refeição leve antes de embarcar no avião, pois como o viajante vai ficar muitas horas sentado, o ideal é comer algo saudável e com pouca gordura, para se evitar a congestão ou mal estar, dificultando o relaxamento. Sem exageros nessa hora, sempre.

Veja também:  Bagagem de Mão - O Que Pode e Não Pode Levar no Avião

O abuso de bebidas alcoólicas logo antes do embarque pode ser fatal para um bom relaxamento. O efeito do álcool nesse caso é devastador, pois além de intoxicar o organismo, pode causar a famosa apnéia do sono, além dos roncos serem extremamente desagradáveis para os outros passageiros. A quarta dica é que a pessoa, segundo a médica, tome uma pequena dose de melatonina, o que pode ser muito útil para entrar no ritmo novamente quando aterrissar no destino. A última dica é manter a calma sempre e esperar o organismo se acostumar com o novo horário, pois o Jet Lag não demora muito a passar e tudo pode voltar ao normal, em dois dias, no máximo. Não forçar a barra se estiver sem sono é fundamental e o aconselhável é deixar o organismo sentir a necessidade de sono, sem precisar de indução.

Veja também:  Promoção Ofertas TAM Viagens - Descontos em pacotes turísticos nacionais e internacionais


Vale a pena tentar seguir esses conselhos e boa sorte aos viajantes.

Rodrigo Souza de Jesus

Outros Conteúdos Interessantes

1 Comment

  1. Essa médica não sabe de nada, fui pra Ásia fiquei com jet lag por quase 1 semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *