Como viajar com segurança durante a pandemia?



Todos os seres humanos do planeta Terra estão convivendo com algo muito perigoso, o novo corona vírus, o “Covid-19”. Ficamos, e ainda estamos, em confinamento, porém agora, alguns lugares já estão abertos ao público. O “relaxamento” no distanciamento social já acontece em algumas cidades, com tudo, normas de segurança ainda estão em vigor, como por exemplo o uso da máscara e álcool em gel.

Nesses, praticamente, oito meses de pandemia, nós aprendemos a ter mais higiene e solidariedade, pois a transmissão do vírus pode ser feita por todos nós. Vamos continuar com os protocolos devidos e aquele devido “distanciamento social”.



Infelizmente, até o presente momento, não temos uma vacina eficaz e pronta para a distribuição, então o jeito é voltar a vida ao normal, tomando TODOS os devidos cuidados.

Muita polêmica está sendo levantada na questão das escolas, parques e cinemas. Mas e as praias, os pontos turísticos de uma determinada cidade, as reportagens que estão sendo mostradas, onde, literalmente, multidões, já estão freqüentando tais lugares.



A verdade é que, ninguém mais aguenta ficar em casa! Porém, já é seguro passear, conhecer lugares novos, viajar? A resposta é “sim” e “não”. Vai depender da sua idade e saúde, os chamados “grupo de risco”, vai depender também para onde você vai, pois algumas cidades ainda estão fechadas à visitação, e vai depender, principalmente, do seu bom senso!

Com tudo isso, surge um novo modelo de turismo, o de isolamento. O que antes era conhecer lugares badalados e pontos turísticos cheio de gente, agora é apenas ir para um lugar diferente, novos ares, e se livrar daquele local, que se tornou enjoativo por conta do confinamento, chamado “lar”.

Leia também:  Como Planejar uma Viagem

Tendo responsabilidade e não sendo do grupo de risco, podemos viajar com algumas cautelas, como o uso de máscara e sempre ter um frasco de álcool em gel. Os números de mortes e infectados estão caindo, dizendo que o pior já passou, porém, muitos lugares que relaxaram de mais, voltaram a ter problemas.

Então, não vamos escolher lugares com muita gente, dê preferência a lugares menos conhecidos, querem um exemplo? Não vai para aquela praia tradicional do nordeste ou em qualquer outro lugar, vá para um lugar de pouco movimento. Procure alternativas mais calmas, como cidades do interior ou, até mesmo praias, só que não tão conhecidas.

Viajar durante a semana é outra recomendação nesse passeio, se quiser ir e puder, evite finais de semana e feriados, onde é “normal” ter aglomerações.

Algo que deve ser levado em consideração, além da aglomeração, é o seu destino, devo relembrar que algumas cidades ainda estão fechadas para os visitantes, por isso, pesquise antes sobre a cidade de destino.

Outra pergunta, tem coisas abertas naquele lugar? A cidade pode estar aberta, mas algumas não liberaram o funcionamento do comércio por completo.

E a hospedagem, tem lugares abertos para estadia?

Nada como um site de pesquisa nesse ramo não resolva, porém, você precisa é de ar fresco, natureza, vai para hotéis-fazenda, pousadas próximas a natureza, faça um turismo na natureza, é isso que sua cabeça precisa! Se não, vai para um Shopping Center, onde um aglomerado de ar-condicionado serve de clima para pessoas aglomeradas.

Para o local de destino escolhido, procure saber sobre os seus protocolos de segurança. É difícil a cidade que não tenha o seu próprio protocolo, destinado aos comerciantes. Verifique a situação de lotação daquele local e prefira, como já falado, lugares menores, pouco conhecidos.

Leia também:  Turismo em Pomerode SC - Um pedacinho da Alemanha

Por último, e não menos importante, o meio de transporte. Bom, quem tem o seu carro, lembre-se, tem cidade que o uso da máscara, mesmo dentro do veículo, é obrigatória. Nos ônibus, metrôs e trens a situação é a mesma, porém, demanda mais atenção, pois a quantidade de pessoas por ali, vai ser bem maior.

Programe a sua viajem, como a qualquer outra que você já fez, porem nesta, seja bem mais cauteloso, cuidadoso e responsável! A saúde do próximo, das outras pessoas, ainda depende de todos nós! Boa viagem!

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *