Melhores Pontos Turísticos de Curitiba (PR)



Curitiba é conhecida por ser uma cidade sustentável e ter um excelente IDH. Possui vários pontos turísticos atraentes, mas citamos aqui alguns dos principais.

A capital do estado do Paraná possui muitos atributos, dentre eles, o de ter um excelente IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e de ser uma cidade sustentável. Além disso, natureza e clima agradáveis tornam Curitiba um dos destinos mais procurados pelos turistas. Mas o que visitar?

Excursão ferroviária – Se você gosta de natureza e passeios de trem, essa atração é imperdível. Existem dois destinos: Paranaguá e Morretes. Em ambos, a composição passa por paisagens magníficas em meio ao verde exuberante. E unindo o agradável ao também agradável, ainda é possível conhecer ambas as cidades terminais, que são históricas e têm seus próprios atrativos.



Museu do Holocausto – Contando um período negro de nossa história, o museu pretende retratar as tragédias impostas pelo Nazismo. O espaço conta com nove núcleos e um auditório (Anne Frank).

Bosque do Alemão – Localizado em uma área de 38 mil metros quadrados no bairro Jardim Schaffer, o espaço possui inúmeras atrações, todas relacionadas à cultura dos imigrantes alemães trazida para a região.



Parque Estadual de Vila Velha – Abriga uma fauna interessante, composta por lobos guarás, quatis, iraras, furões, entre outros, além de conter em seu espaço uma grande quantidade de elementos geológicos importantes. Os passeios são feitos por trilhas com guias do parque especialmente treinados.

Teatro Ópera de Arame – Atração muito conhecida de Curitiba, é composta na verdade por dois teatros. Ópera de Arame, com estrutura metálica e construída sobre um lago, e Pedreira Paulo Leminski, ao ar livre. Ao todo, a capacidade supera os 31 mil lugares.

Leia também:  Principais Pontos Turísticos do Nordeste Brasileiro

Museu Oscar Niemeyer – Com mais de 144 mil metros quadrados, é considerado o maior museu da América Latina. O projeto tem a assinatura do famoso arquiteto, possuindo também outros espaços abertos aos visitantes, como livraria e restaurante.

Jardim Botânico – Espaço com 245 mil metros quadrados, possui jardins e uma estufa (construída em metal no estilo art noveau) contendo diversas espécies da mata atlântica. Possui ainda em suas dependências o Museu Botânico Municipal e o espaço cultural Frans Krajcberg.

Praça do Japão – A ideia foi recriar o ambiente nipônico, com muitos lagos artificiais e diversas cerejeiras. Além disso, conta também com a Casa da Cultura, Casa do Chá e Portal Japonês – tudo para lembrar a importância dos japoneses no processo de imigração para a região.

Por Dan Dias

Ópera de Arame

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *