O Que Fazer em Ushuaia – Roteiro de Passeios





Saiba aqui o que você deve conhecer quando for para Ushuaia.

A cidade de Ushuaia é uma das mais visitadas na Argentina. Isso acontece por causa da grande oferta de eventos e lugares para visita. Isso acontece por causa do seu patrimônio histórico e valor cultural para o país. Grande maioria dos seus pontos turísticos são, então, obras arquitetônicas carregadas de cultura e história argentina. E para ajudar, existem programas de passeio para os turistas que gostam de ver tudo. Confira aqui, um roteiro de passeio com curiosidades e informações sobre essa cidade tão bela e importante para a cultura argentina.

Você não precisa reservar muitos passeios em Ushuaia. Tirando a caminhada com pinguins na Ilha Martillo, tudo pode ser feito na hora. Para os pinguins, é importante que a reserva seja realizada online, caso queira fazer essa caminhada.




No Porto Turístico, é possível comprar ingressos para as navegações pelo Canal de Beagle. Ele se encontra à frente do posto de atendimento, que responde à Secretaria de Turismo, na Prefectura Naval, 470. Esses portos estão organizados em casinhas coloridas. Cada uma dessas casinhas representa uma recepção para uma embarcação.

Veja também:  Quando ir para Buenos Aires - Melhor Época para Viajar

Os principais escritórios dessas agências de receptivo costumam ficar no Centro. Mais precisamente, nas redondezas da Avenida San Martín. Por lá, é possível comprar os demais tours pela cidade. Outras agências que podem ser consultadas, dependendo da sua localização é a Latitud, que fica na Rivadavia 130, sala 110, Piratour, localizada em San Martín, 847, Brasileiros em Ushuaia, também localizada em San Martín, 870, e Tiera Turismo, que fica em Onas, 235.


Os preços desses passeios não variam muito de agência para agência. As agências costumam aceitar pesos, dólar, cartões de crédito também podem ajudar no pagamento. Para quem vai pagar em dólar, é importante verificar a cotação da moeda, às vezes pode não compensar muito. Para as excursões, é designado um guia como companhia, e em alguns casos, o transporte cobre desde o hotel, em outros, saem dos seus respectivos pontos turísticos.

Veja também:  Neve na América do Sul - Para Onde Ir? Chile ou Argentina

No Verão

No verão, existem três passeios incríveis que nenhum turista que se preze pode deixar de fazer. O primeiro é a caminhada com os pinguins, na Ilha Martillo, o segundo, o passeio até o Parque Nacional Tierra del Fuego, e o terceiro, a navegação no Canal de Beagle até as ihas. Nessas ilhas, os destinos das navegações, é possível encontrar animais como pássaros, lobos-marinhos e o farol Les Eclaireurs.

Cada passeio pode ser programado em um dia diferente, para que a viagem possa ser produtiva e bem proveitosa.

As caminhadas com os pinguins são iniciadas na estância Harberton. Essa é considerada uma das fazendas pioneiras de Uhuaia. É de lá que saem os botes que partem em direção para a Ilha Martillo, esse trajeto dura em média 15 minutos. É lá que ficam os pinguins de Magalhães. O turista pode passear por entre eles por 1 hora, e aproveitar a companhia dos anfitriões. Cada grupo contém no máximo 20 pessoas, com um guia reponsável por informar aos turistas como se comportar diante dos animais. Nesse local, também é possível encontrar outras espécies de pinguins, como o Papúa e talvez um pinguim-rei.

Veja também:  Turismo na Argentina - Aumento de Turistas Brasileiros

O Parque Nacional Tierra del Fogo, por outro lado, é aberto ao público, e não precisa de reserva prévia. O Parque conta com bosques gigantescos e deslumbrantes, e fica bem próximo do Canal Beagle. Nesse parque, é possível encontrar algumas figuras importantes da cidade, como o Trem do Fim do Mundo e a agências de correios mais antiga da cidade, ainda em funcionamento.

Por fim, o Canal Beagle oferece um caminho tranquilo e bem proveitoso até as ilhas. É possível encontrar, ao fim da navegação, alguns dos moradores simpáticos da cidade, os leões marinhos e os Cormorões, estes que recebem visitação o ano inteiro.

DAVI GABRIEL SOARES



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *