Quando Ir para Jericoacoara – Melhor Época para Viajar

Saiba aqui qual é a melhor época para viajar e conhecer Jericoacoara.

Se o paraíso fosse no Brasil, ele certamente seria em Jericoacoara, no Ceará. O mar transparente, a areia fininha, as lagoas límpidas, as dunas e o famoso pôr do sol formam o cenário ideal para passar as férias.

Porém, para quem deseja planejar a viagem com antecedência e está pesquisando sobre a melhor época do ano para visitar o destino, é interessante saber que qualquer época do ano é propícia para a visitação.

No entanto, o segundo semestre é considerado o período ideal, pois a possibilidade de chuva e céu nublado é praticamente nula.

Entre janeiro e junho, a incidência de chuvas já é maior. Contudo, os maiores índices de precipitação ocorrem entre março e abril. Nesses dois meses, a média histórica de chuvas é de 300 milímetros. Já o mês de maio costuma ser chuvoso, porém, com um índice um pouco menor, de 200 milímetros.

Outro detalhe é a alta temperatura. Não bastasse estar no clima semi árido do Nordeste, Jericoacoara ainda fica no litoral, banhado pelo oceano Atlântico, elevando assim os termômetros.

Temperaturas chegam a 35ºC nos meses mais quentes

Os organismos de previsão do tempo têm anotado temperaturas de 22ºC, nos meses de inverno, e até 35ºC nos demais meses. Mas o turista não precisa se preocupar com o calor intenso, pois Jericoacoara sopra um vento refrescante, típico da região litorânea.

Os meses de alta temporada estão concentrados em janeiro e julho, que é época de férias escolares. Sendo assim, quem quer fugir do movimento deve escolher um mês mais neutro para o turismo. Por isso, novembro ou a sequência após o Carnaval tornam o pequeno vilarejo mais tranquilo.

Mas uma dica de ouro para quem está buscando a melhor época para visitar Jericoacoara é entre a metade de junho e o final de julho. Sabe por quê? É justamente nessa época que o Sol se põe dentro da Pedra Furada, uma das atrações turísticas de Jericoacoara.

Por falar em Pedra Furada, ela é uma formação rochosa com aproximadamente cinco metros de altura, com um buraco no meio, esculpido pela própria natureza.

Por volta das 17h30, neste período, o sol se despede dos turistas “por dentro” da pedra, fornecendo um espetáculo natural gratuito de emocionar os visitantes.

Pôr do sol é uma atrações de Jericoacoara

Mas nas outras épocas do ano Jericoacoara também oferece um lindo pôr do sol visto das dunas ou até mesmo do mar, já que o sol se põe no horizonte azul do oceano.

Nos últimos anos, uma outra opção para apreciar o pôr do sol de Jericoacoara tem sido o Café Jeri, na Rua do Forró. O bar, com música ao vivo e mesas ao ar livre, é um dos locais mais badalados de Jericoacoara. Quem deseja reservar um lugar especial para apreciar o entardecer deve chegar por volta das 17h e esperar o espetáculo natural.

Pode-se dizer que a região tem um turismo tardio. A praia de Jericoacoara fica no município de Jijoca de Jericoacoara, com cerca de 17 mil habitantes. Até os anos 80, a praia não passava de uma simples ilha de pescadores.

Turismo começou a se desenvolver no final dos anos 80

Mas em 1987, o jornal norte-americano The Washington Post publicou uma reportagem das praias mais exóticas e escondidas do mundo. A reportagem, sem querer, reforçou um conceito que já vinha do século 17, quando se acreditava que a cordilheira de dunas da região dificultava o acesso de exploradores portugueses, que nem passaram pela região.

Sendo assim, a região ficou por muito tempo pacata, sem turistas. A partir da divulgação das belezas do local, os visitantes voltaram os olhares para Jericoacoara, que hoje é um dos destinos mais procurados do litoral nordestino.

Dessa forma, uma série de medidas foram tomadas para preservar o local e mantê-lo quase intacto, como era nos séculos passados. Pousadas e quiosques de lanches tentam repassar aos turistas a necessidade da preservação. Tanto é que cada turista paga uma taxa diária de R$ 5 pela permanência neste verdadeiro santuário natural. Somente crianças abaixo de 12 anos e idosos maiores de 60 anos estão isentos do pagamento da taxa.

Maria Gizele da Silva

Posts Recentes

Turismo rural no Alentejo: Experiências autênticas e inesquecíveis em Portugal

O Alentejo, com suas paisagens deslumbrantes e vinhedos renomados, está se destacando como um dos destinos turísticos mais procurados de… Leia Mais

Rock in Rio Lisboa: Line-up de 2024 promete grandes estrelas

Rock in Rio Lisboa comemora 20 anos com uma programação de tirar o fôlego, incluindo shows de Ed Sheeran, Doja… Leia Mais

Novas passarelas das Cataratas do Iguaçu atraem visitantes

A nova passarela das Cataratas do Iguaçu promete proporcionar uma vista ainda mais espetacular da Garganta do Diabo, atraindo milhares… Leia Mais

Férias em Foz: eventos culturais que você não pode perder

Itaipu celebra 40 anos com uma festa comunitária aberta ao público no Refúgio Biológico Bela Vista, prometendo muitas atrações culturais… Leia Mais

Dos Andes às Galápagos: explore os contrastes incríveis do Equador

Aventure-se pelo Equador e descubra paisagens de tirar o fôlego, uma rica herança cultural e uma natureza exuberante que torna… Leia Mais

Parque aquático em Atibaia: diversão garantida a apenas 65 km de São Paulo

Com brinquedos aquáticos para crianças e adultos, o novo parque aquático do Tauá Hotel Atibaia promete ser o destino favorito… Leia Mais