Lugar de águas termais, localizado no estado de Goiás, Caldas Novas atrai turistas de diversos lugares do país.

Conhecido por ser a região com maior quantidade de águas térmicas no mundo, Caldas Novas é uma pequena cidade, onde águas brotam do chão com temperaturas variando entre os 30 graus até os 60 graus.

Com diversos restaurantes, infraestrutura hoteleira de primeira linha, resorts, pousadas, chalés, boates e bares, a cidade é um grande ponto de encontro para os jovens, sem se esquecer das pessoas mais idosas.

O ecoturismo é uma atividade bastante explorada na região, baseado na ideia de turismo de forma sustentável, a cidade utiliza o seu patrimônio cultural e nacional de forma responsável. A região de Caldas Novas oferece para aqueles que buscam esta atividade, regiões de matas e serras que podem ser exploradas, sem contar as piscinas naturais de águas quentes que o lugar oferece.

Caldas Novas e suas deliciosas águas térmicas são um ótimo lugar para curtir uma boa temporada de paz e diversão. 

Por Rodolpho Medeiros


Para você que procura nas férias um local para relaxar, deixar o stress de lado e quem sabe, até mesmo auxiliar no tratamento de algum problema de saúde como hipertensão, úlceras, reumatismos, eczemas, entre outros, um local indicado é Piratuba, em Santa Catarina, onde estão localizadas águas termais.

Lá está Termas de Piratuba, formada por um complexo de piscina e uma ampla estrutura de lazer, o local ainda conta com acompanhamento médico e tratamentos à base de argila e massoterapia.

Piratuba está no Vale do Rio do Peixe e recebe diversos turistas durante todo o ano em busca de qualidade de vida.

De acordo com o Ministério da Saúde, Piratuba é considerada como fonte Hipertermal e sua água é classificada como mineral bicarbonatada e fluoretada, com temperatura em estado natural de 38,6ºC e de 56ºC na sua origem.

Mais informações podem ser consultadas em www.termaspiratuba.com.br.

Por Elizabeth Preático


Fundada por imigrantes vindos de Tirol, na Áustria, o município catarinense de Treze Tílias é como um fragmente da cidade austríaca.  Apesar de ter apenas cerca de 6 mil habitantes, consegue conservar diversas manifestações artísticas e culturais, além de uma belíssima arquitetura trazida pelos colonizadores.

Um simples passeio a pé por Treze Tílias pode se tornar uma verdadeira viagem. A arquitetura tirolesa típica está presente em quase todas as ruas do município. Uma das construções mais importantes é a casa onde morou o fundador da cidade. Construída em 1937, o prédio chamado de Castelinho, abriga atualmente o Museu da Imigração Austríaca, onde podem ser encontrados documentos, fotos e objetos da época.

Os parques da cidade também são atrativos turísticos que não podem deixar de ser visitados por quem for a Treze Tílias. O Parque de Águas Termais Vale das Tílias, é uma área de 22 mil metros quadrados  com piscinas onde a temperatura da água é de 35 graus. Além do Parque de Águas, há também o Parque dos Sonhos e o Parque Lindendorf, ambos repletos de paisagens exuberantes de encher os olhos.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Santur


Campanha é a porta de entrada para o circuito das águas na região, além de ser uma das cidades mais importantes do estado de Minas Gerais durante o Ciclo do Ouro, preservando até hoje muitas das construções do século XVIII.

O nome da cidade deriva de uma “campanha” encabeçada por Cipriano José da Rocha, ouvidor de São João del Rei, para desbravar os sertões e chegar até jazidas de ouro recém descobertas na região do Rio Verde. A cidade é a mais antiga de todo o sul mineiro, e é sede de várias entidades sócio-culturais, como a  Academia Sul-Mineira de Letras. A cidade é conhecida como a Atenas Sul Mineira, sendo terra natal do cientista Vital Brasil.

O Museu Regional do Sul de Minas possui um acervo bem variado de arte sacra, incluindo oratórios, figuras religiosas e santos do pau oco: no espaço vazio eram escondidos objetos de valor em épocas antigas.

Não deixe de visitar a Catedral de Santo Antônio: nela há uma imagem esculpida pelo Mestre Aleijadinho, que representa Jesus carregando a cruz.

Créditos: Cris Keller


O destaque da Estância Hidromineral de Serra Negra divide-se entre as águas termais e sua vida noturna: disputa com Amparo, outra cidade próxima, o título de vida noturna mais agitada da região.

O clima é ameno o ano todo: o ar puro, altamente oxigenado devido à altitude de aproximadamente 900 metros no centro da cidade é indicado para recuperação de processos pós operatórios e para a saúde em geral. A cidade possui mais de 15 fontes radiativas de acesso público espalhadas pelo perímetro urbano, todas com placas informativas sobre o uso nos diversos tratamentos de saúde indicados. Destaque para a fonte dos Italianos e fonte Santo Agostinho.

Além do turismo, Serra Negra se destaca pela fabricação e comercialização de uma série de artigos de couro, como roupas, sapatos e acessórios. Malhas também não faltam! Para saber mais, acesse aqui. Bom passeio!

Créditos: Cris Keller


Distante apenas 8 km do Estado de Minas Gerais, Águas de Lindóia é um município pacato e com a economia fortemente ligada ao setor de turismo: com uma rede hoteleira bem estruturada, a cidade conta com boa infraestrutura para receber os turistas, que não cansam de apreciar a tranquilidade do local e sempre voltam, porque são mais de 1 milhão de turistas por ano! Destaque para os inúmeros congressos, ligados a universidades, centros de pesquisas e empresas de diversos setores.

Além do turismo, a cidade considerada “A Capital Termal do Brasil” dedica-se ao engarrafamento e comércio de água mineral. No turismo, destaque para a Praça Adhemar de Barros, projetada por Burle Marx, com fonte luminosa, cisnes e outros animais, além de uma série de barraquinhas que vendem produtos aos turistas, de alimentos a artesanato. Os interessados em usufruir os benefícios das águas termais não podem deixar de ir ao Balneário Municipal: pagando-se uma pequena taxa é possível usar as diversas piscinas do local, bem como tomar banhos de espuma, de imersão, fazer drenagem e muito mais! Confira detalhes em http://www.balnearioaguasdelindoia.com.br/.

Créditos: Cris Keller


As cidades de Poços de Caldas, Monte Sião, Águas de Lindóia, Serra Negra, Campanha, Lambari, Cambuquira, São Tomé das Letras, Caxambu e São Lourenço compõem o chamado circuito das águas minerais, famoso pelas águas medicinais, pelos balneários, malhas, artesanato e belezas naturais, já que a região tem relevo montanhoso de rara beleza.

O circuito engloba cidades de São Paulo e Minas Gerais onde o termalismo (banhos em águas termais) é a grande atração, além das paisagens serranas, ar de montanha e da recente introdução de esportes radicais, como asa-delta e para-glaider em várias cidades do circuito.

As cidades de Conceição do Ibitipoca, Brotas e Águas de São Pedro estão nos arredores, e também oferecem boas opções de turismo, como ótimos passeios, dentre os quais merece destaque o que percorre o caminho até o Lago dos Espelhos, em Ibitipoca. Igualmente imperdível é a descida de bóia pelos rios e lagos de Brotas. Como o nome sugere, em Águas de São Pedro há águas minerais e um balneário, que oferece diversos serviços. Entre as fontes, uma se destaca por apresentar o maior teor de enxofre das Américas. Para saber mais, acesse http://www.aguasdesaopedro.com.br/index3.htm, http://www.ibitipoca.tur.br/ e http://www.brotas.com.br/.  Boa viagem!

Créditos: Cris Keller


Gravatal é a cidade de Santa Catarina que mais recebe visitantes  há 50 anos. Um dos maiores motivos são as belezas naturais da cidade, que estão por toda parte, construindo um visual lindo para quem visita a cidade poder aproveitar as férias em grande estilo.

Outra atração na cidade é a estrutura dos hotéis, a maioria deles, além de grandes no tamanho, também é grande em número de atividades, em hospitalidade e em opções de lazer para todas as idades.

As piscinas térmicas são outros atrativos na cidade. A Companhia das Águas Termais de Gravatal, vem investindo bastante na manutenção e conservação dos locais reservados para que o visitante possa aproveitar o máximo às águas que por natureza são entre 32 e 37 graus. Vale à pena conhecer.

Por Susan Mélany





CONTINUE NAVEGANDO: