Os chamados albergues (mundialmente conhecidos como hostels) há muito deixaram de ser apenas única opção para poder viajar, mas está com a grana curta.

Preferência entre os jovens, esse tipo de hospedagem atrai pelo ambiente descontraído, onde é fácil fazer amizades com viajantes de toda parte do globo, usar internet, assistir a DVDs, tomar um bom café da manhã, e uma cerveja antes da balada.

Na cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, dezenas de hostels têm opções para quem deseja um quarto individual ou dividir com até 8 pessoas um dormitório de beliches. Os preços variam conforme a localização mais próxima das praias.

Entre os que oferecem os melhores serviços e preços atraentes estão os do bairro de Botafogo, na Zona Sul carioca, como o Tupiniquim


A cidade de Albuquerque tem forte influência indígena, para conhecer o mais de perto a cultura deste povo vale um passeio no Indian Pueblo Cultural Center, moradias de índios, que mantém muita história e artesanato indígena.

Outro lugar interessante para conhecer de perto as tradições locais de Albuquerque, é o Museum of Art and History.

Um passeio que não deve ser deixado de lado é conhecer o Sandia Peak. Esta montanha rochosa fornece a melhor vista da cidade e da região.

A cidade também tem ótimos lugares para fazer compras, principalmente em se tratando da compra de colares e pulseiras indígenas, feitas com pedras coloridas.

Por Rosana Radke





CONTINUE NAVEGANDO: