Viena tem atrações em todos os meses do ano, mas no verão é que a cidade fica mais atraente para os turistas brasieiros. O único porém é que justamente no verão que o famosíssimo espetáculo da ópera de Viena faz uma pausa para que os artistas aproveitem as férias.

Mas em novembro ainda é agradável e recomeça a temporada na Staatsoper que dura até junho.

O Reveillon vienense também consta entre os mais disputados do mundo e conta com o famoso concerto de Ano-novo. Fora isso os museus estarão abertos todo o tempo para você visitá-los e são claro uma atração a parte na cidade, mostrando a história de todos os lugares do mundo e da germânia.

Por Victor Gonçalves


Convenceu-se e quer ir a Viena? Aqui vai umas dicas importantes para não acabar cometendo algo errado antes mesmo de sair do Brasil.

Os brasileiros não precisam de vistos para estadias de até 90 dias. Basta um passaporte com validade mínima de seis meses e um seguro-saúde com cobertura mínima de 30 mil euros.

O fuso horário de Viena são quatro horas a mais que o nosso aqui no Brasil, por isso atente-se ao ligar para os familiares no Brasil. Para ligações a cobrar para o Brasil ligue 0800 20 02 55.

E em qualquer problema vá até a embaixada brasileira em Viena na Pestalozzigasse, 4 ou ligue 00xx-43-1 512 06 31. Boa viagem!

Por Victor Gonçalves


Viena, a capital austríaca, possui duas faces em uma só. Da mesma maneira que observamos sua nítida modernidade, sua vida contemporânea e agitada, também nos deparamos com igrejas em estilo gótico, palácios imperiais e prédios históricos de valor inestimável. 

A cidade é cheia de jardins floridos e bem cuidados, dotados de extensas áreas verdes e vibrantes. Viena reflete exatamente sua superior qualidade de vida, e foi lá que nasceram grandes nomes como Beethoven, Schubert e Mozart. Suas ruas são tranqüilas, seguras e sempre limpas, muito convidativas para passeios de bicicleta nas organizadas e extensas ciclovias. O turismo em Viena, ainda não muito popular, é relativamente barato e a cidade não deixa a desejar em relação às outras capitais européias.

Para explorar a cidade não é permitido ter pressa. A interação com o povo vienense é imprescindível, bem como visitas a museus, monumentos históricos e palácios, que agregam um valor cultural inigualável. 

Fonte: Uol

Juliete Lunkes


A cidade é tão poética quanto o rio Danúbio que a corta. Os cerca de 1,6 milhão de habitantes que residem nela a chamam por “a cidade dos músicos”. E o turista comprova isso quando visita os consertos e bares de Viena: música não falta.

Um lugar imperdível na capital da Áustria é Theater an der Wien, que serviu como palco para Beethoven. Há também outros teatros importantes, como o Theater in der Josefstadt, o Volkstheater e o Burgtheater.

E para fechar com chave de ouro o passeio pela capital austríaca, deve-se visitar o Cemitério Central, para conhecer o túmulo do conterrâneo mais querido de Viena, Beethoven.

Por Rosana Radke

viena





CONTINUE NAVEGANDO: