A cidade colonial de Cuenca, capital da Província de Azuay, está localizada em um vale na serra sul do Equador. Suas estreitas calçadas, inúmeras praças cercadas por ruas de paralelepípedos e casarões cinematográficos fazem a cidade parecer uma enorme obra de arte.

Comparado aos outros destinos turísticos do Equador, Cuenca é extremamente tranquila. Seu clima interiorano e sua vida cultural intensa encantam os turistas do mundo todo que visitam a cidade. Seus belíssimos templos religiosos, alguns construídos no século 16, são um dos principais atrativos turísticos. Alguns belos parques, como Pimapungo, também são uma grande atração. Mas uma simples volta pelo cento de Cuenca observando seus traçados urbanísticos, já é capaz de revelar muitas curiosidades e mistérios sobre esse destino turístico ainda pouco explorado.

Juliete Lunkes

Para quem entende ou quer treinar seu espanhol, um vídeo de apresentação da cidade nesta língua


Destino muito próximo dos brasileiros e que vale a pena ser visitado, Cuenca, reserva muitas belas paisagens e muitas fotos para guardar os momentos ótimos que o turista vai passar enquanto estiver por lá.

A cidade é tesouro arquitetônico do Equador, seu centro histórico foi considerado pela Unesco em 1999, Patrimônio Cultural da Humanidade.  Entre os principais pontos que merecem uma visita, estão, igrejas do século 16, como a Catedral Nueva,  o Parque Pumapungo, grande reserva arqueológica, o Museu de Las Culturas Alborígenes, com suas cadeiras deitas de pedra, esculpidas em forma de pessoas. Os povoados próximos a cidade, também possuem muita história para contar e são muito próximos uns dos outros, facilitando assim, a ida a eles.

O artesanato é ponto alto da cidade, principalmente para as mulheres, a culinária é muito boa e a estrutura para receber os turistas também.

perou275

Por Susan Mélany





CONTINUE NAVEGANDO: