Estrangeiros precisarão de autorização prévia para viajar para a Europa a partir de 2021.

No último dia cinco, foi aprovado pelo parlamento Europeu algumas mudanças nas regras de quem pretende viajar para a região europeia. Essas mudanças irão afetar além do Brasil, cerca de 61 países que não possuem vistos para o continente.

O Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem, nomeado Etias, deverá entrar em vigor no ano de 2021, porém, ele ainda precisa ser aceito oficialmente pelo Conselho de Ministros da União Europeia.

A partir do momento que o Etias for colocado em prática, o turista que desejar viajar para a região deverá preencher um documento pela internet, além de pagar uma taxa de 7 euros, que no momento equivale a R$ 31,90 reais. Esse valor será cobrado apenas de turistas entre 18 e 70 anos, os mais novos ou mais velhos estarão isentos dessa taxa. Se o formulário preenchido for aceito, o viajante receberá um comunicado via e-mail autorizando a viajem.

O formulário irá exigir que o turista preencha o seu nome, idade e nacionalidade, além disso deverá conter informações sobre seus antecedentes criminais, somente depois de analisado essas informações que as autoridades irão liberar a viajem.

As principais condenações que serão avaliadas para ocorrer a liberação são:

  • Exploração sexual de crianças;
  • Assassinato;
  • Tráfico humano ou de drogas;
  • Estupro.

Na maioria das vezes o turista que tiver alguma passagem criminal da lista anterior poderá ser reprovado, já que as autoridades prometem ser bem rigorosas.

Além disso, o viajante deverá informar sobre os seus históricos de viagens, como por exemplo, por quais países passou e quanto tempo permaneceu neles. Principalmente em áreas de conflitos.

O Parlamento Europeu forneceu informações referente à análise, segundo eles, o processo para a checagem das respostas será totalmente automatizado, consequentemente o tempo de espera para que um viajante saiba se o seu pedido foi aprovado ou não, será pequeno. Porém, não foi dado um prazo médio para que os turistas recebam essa confirmação.

No caso de o turista apresentar alguma característica de risco, por exemplo, um tráfico de drogas, a sua ficha será encaminhada para um agente onde ele fará a análise minuciosamente. Nesse caso, o agente pode exigir que o turista preste alguns esclarecimentos, além de realizar uma entrevista para que a viajem seja aprovada.

Por ser totalmente automatizado, esse sistema terá a possibilidade de cruzar os dados dos solicitantes com a agência da Interpol e outras. Esse sistema possui o objetivo de identificar pessoas que desejam migrar irregularmente para o pais, bem como detectar possíveis ameaças a União Europeia.

A base de cálculos aponta que se o sistema for adotado em 2021, serão analisados os dados de mais de 39 milhões de pessoas que desejarão viajar para a União Europeia. Porém, para aqueles brasileiros que possuírem um passaporte de países europeus, não será necessário a aprovação pelo sistema.

Após a viagem ser aprovada, o viajante poderá permanecer na região por no máximo 90 dias, seja para turismo ou negócios. Se o objetivo for trabalhar, morar ou estudar, é necessário que o viajante solicite um visto.

Esse sistema servirá para a região Espaço Schegen, onde existe a livre circulação de pessoas dentro do continente e o controle na fronteira é praticamente nulo.

Veja a lista de países que farão parte do nome sistema Etias:

  • Alemanha;
  • Noruega;
  • Áustria;
  • Islândia;
  • Bélgica;
  • Suíça;
  • Dinamarca;
  • Suécia;
  • Eslováquia;
  • República Tcheca;
  • Eslovênia;
  • Portugal;
  • Espanha;
  • Polônia;
  • Finlândia;
  • Malta;
  • França;
  • Luxemburgo;
  • Grécia;
  • Lituânia;
  • Holanda;
  • Liechtenstein;
  • Hungria;
  • Letônia;
  • Itália.

Por mais que Suíça, Islândia e Noruega não façam parte do bloco, essas áreas são do Espaço Schengen.

É importante salientar que o documento de autorização não é necessário somente para quem vai viajar para alguns desses países, mas também para aquelas pessoas que farão escalas nos aeroportos deles.

Então se você pretende viajar para esses países ou então a sua escala abrange alguns deles, fique atento, para que quando as novas regras forem aplicadas você estar preparado!

Isabela Pierini


Concorrência e queda nos preços das passagens podem diminuir o preço das viagens para Europa.

O sonho de muitas pessoas é morar em outros países ou simplesmente passar um tempo em outra nação. Na grande maioria das vezes, o destino escolhido dessas pessoas é algum país no continente europeu. Visto que, o velho continente apresenta uma cultura variada, diferente atrações e também por uma questão geográfica, muitas nações estão muito próximas umas das outras, o que permite conhecer muitos países de uma vez só. Se você tem esse desejo de conhecer um país europeu, saiba que agora esse sonho está mais próximo de se tornar realidade. Já que, segundo um estudo pela ODIEGO, em 2018 os preços das viagens internacionais vão ficar mais baratos. Saiba todas as informações sobre esse estudo, lendo o texto abaixo.

A ODIEGO é uma empresa das principais empresas de turismo do mundo, com atuação há décadas em todo mercado internacional. Devido a isso, a organização é uma profunda conhecedora do mercado de turismo por todo o mundo. Nos últimos anos, muitas nações estão realizando diferentes iniciativas para contar com um número maior de turistas. Visto que, nos dias atuais, está mais fácil de conseguir um passaporte e também as pessoas tem mais poder aquisitivo para conhecer novos lugares. E mais turistas significa uma economia mais forte para os países. Seguindo essa tendência mundial, em 2017 se teve muitos projetos para facilitar a entrada de turistas em muitos países e essa perspectiva deve ser ainda maior para o próximo ano, segundo o estudo da ODIEGO.

Falando especificamente a respeito desse documento lançado pela empresa de turismo. Ele aponta diferentes argumentos para sustentar que vai ficar mais fácil viajar para o continente europeu. Um dos pontos inicias desse estudo dão conta que as empresas de aviação estão barateando o preço das passagens áreas. Hoje em dia, existem centenas de instituições que realizam este serviço. Com uma concorrência tão grande de empresas que fazem o mesmo trajeto e entidades de outros continentes que querem atrair os turistas, essas entidades que realizam viagens para a Europa estão tendo cada vez mais que inventar pacotes, promoções, roteiros diferenciados e outros artifícios para continuarem tendo um bom número de passageiros. Visto que só assim vão continuar ainda atraindo as pessoas e obviamente não tendo prejuízos ou até terão que encerrar as suas atividades por conta da falta de lucro em suas atividades.

Um outro argumento que pode ser apontado para que as passagens áreas para o continente europeu fiquem mais baratas é que na próxima temporada, o continente vai receber um dos maiores eventos do mundo: a Copa do Mundo da Rússia de 2018. Esta cerimônia vai atrair milhares de pessoas do mundo inteiro que vão ficar hospedadas no país sede do evento ou então vão tentar se hospedarem em um local próximo onde vai ser realizado o evento. Visto que, a distância entre as nações européias é muito pequena. Você pode atravessar de uma nação a outra, por exemplo, de carro ou até de trem. O que faz com que você tenha menos gastos com transporte e economizar neste item significa que você terá mais dinheiro para gastar.

Se você se animou com essa novidade a respeito das passagens aéreas para a Europa e está pensando em uma possível viagem, o primeiro passo que você precisa dar é pesquisar. Escolha o local onde você quer visitar. Após isso, consulte as empresas de viagem no Brasil, visite os sites das companhias áreas. Pesquise em blogs de turismo as melhores épocas para conhecer o destino que você tanto sonhar. Reúna o máximo de informações que você conseguir, para não ter nenhum problema com a sua viagem. Dessa forma, o passeio vai ser inesquecível e você vai realizar o seu sonho de conhecer a Europa. Boa sorte!

Isabela Castro.


Confira o limite de gastos e de quantidade de cada item

Você está planejando viajar para o exterior e pretende fazer compras lá fora? Antes de chegar a outro país, se empolgar e sair comprando, é importante estar atento ao limite de gastos que você pode atingir para evitar possíveis problemas com muitas e com a alfândega. Assim, você pode aproveitar a viagem sem maiores preocupações.

É praticamente impossível viajar e voltar sem pelo menos algumas lembrancinhas. Há limites diferentes para cada categoria de produtos que os turistas brasileiros podem comprar nos Estados Unidos ou na Europa. Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre o limite de compras no exterior!

Quanto você pode gastar?

Os brasileiros que viajam de avião para o exterior podem gastar, no máximo, US$ 500 em compras, correndo o risco de ter que pagar uma multa de até 50% em relação ao valor excedente. Em se tratando de viagens por navio ou via terrestre, o limite de gastos é de US$ 300.

Porém, desde o mês de outubro de 2010, as máquinas fotográficas, celulares, roupas, cosméticos, calçados e relógios são considerados itens de uso pessoal, logo não precisam ser declarados, pois não entram na cota de isenção. Mas, existe um controle de quantas unidades de cada item que é possível trazer para o Brasil.

Quantidade de produtos que podem ser comprados no exterior

Lentes e demais equipamentos fotográficos: a quantidade máxima depende do valor, mas não é indicado comprar mais de 10 itens, nem mesmo sendo de tipos ou marcas diferentes. Esses artigos entram na cota de US$ 500, a não ser que haja a comprovação de que foram comprados para uso profissional.

Câmera fotográfica e celular: pode-se comprar 1 item desse por pessoa, e não faz parte da cota de US$ 500, visto que são classificados como objetos de uso pessoal, independente do valor ou modelo, mas devem estar fora da embalagem e usados.

Notebook, videogame e outros eletrônicos: o turista brasileiro pode comprar 1 de cada tipo por pessoa. Essas mercadorias fazem parte da cota dos US$ 500. Por questões de protecionismo, o Ministério da Fazenda não liberou esses itens.

Câmera filmadora: é possível comprar até 2 câmeras por pessoa. O artigo entra na cota dos US$ 500. Se a câmera filma e fotografa, ela será classificada como câmera fotográfica, ou seja, um produto de uso pessoal.

Roupa e calçado: ao viajar para o exterior, os brasileiros podem comprar, no máximo, 3 tipos de cada produto. Nesse caso, os itens não entram na cota dos US$ 500, sendo considerados objetos de uso pessoal, desde que condiga com o passageiro e o tipo de viagem realizada.

Relógio: os viajantes podem comprar 3 itens por pessoa. Os artigos não entram na cota de US$ 500, uma vez que também são considerados de uso pessoal.

Cosméticos: não há uma quantidade oficial determinada para a compra desses produtos, mas é recomendado trazer até 10 unidades da mesma mercadoria. Esses itens não entram na cota de US$ 500, sendo de uso pessoal. Porém, o ideal é não exagerar para não ter que arcar com tributos aos chegar no Brasil.

Cigarro: é autorizada a compra de até 10 maços no exterior, sendo possível acrescentar mais 20 maços no Duty Free. Os cigarros fazem parte da cota dos US$ 500, apenas os maços adquiridos no Doty Free não serão tributados.

Bebidas: para esses itens, o turista pode comprar 12 litros no exterior, tendo a oportunidade de adicionar mais 24 garrafas no Duty Free. Os produtos fazem parte da cota dos US$ 500, apenas as garrafas compradas no Doty Free não são tributadas.

Agora que você já sabe o seu limite de compras no exterior, o ideal é se planejar para não arcar com impostos muito altos.

Por Simone Leal

Compras no Exterior


Dicas de Lojas Físicas para compras no Exterior.

Quando as pessoas estão realizando excursões fora de seus países, além de experimentarem ao vivo o prazer das mais belas paisagens e culturas de outras nações, uma parte das viagens se realiza pela aquisição de bens no exterior. Assim, fazer compras nos Estados Unidos está entre os assuntos sempre em alta, no seio do típico povo brasileiro que costuma se deslocar com frequência para aquela nação. Se as escolhas de viagens se destinam a Nova York, a Orlando, a Las Vegas, a Califórnia ou ao Texas, o que quer que se possa comprar nessas regiões é sempre cobiçado.

Entre as melhores áreas de comércio, as mais movimentadas estão as cidades de Miami e Orlando, onde os turistas podem encontrar grandes shoppings, inclusive muito próximos um ao outro, congestionando as duas cidades com comércios voltados para turistas.

Na cidade de Nova York o viajante pode se encontrar no cerne de uma das maiores metrópoles do mundo. Nela o turista não encontrará shopping centers, mas, cadeias de lojas instaladas em prédios, como também áreas recheadas de lojas de todos os tipos.

Se o turista decidir ir para a capital, Washington DC, ele testemunhará o mesmo esquema de comércios. Entretanto, nas cidades próximas a esses grandes centros é possível encontrar shoppings de verdade, e maiores que os do Brasil, entre as butiques.

Mais próximo de Washington existe o famoso Pentagon Center, em Pentagon City. Em geral, os bens mais adquiridos são roupas, assim, a organização dos shoppings é a de expor as coleções mais atualizadas nas lojas, além de grande variedade de outros tipos de mercadorias. É fato que os bens custam muito mais caro na América do norte, sendo que os preços, em geral, serão mais salgados quando os turistas decidem comprar nos outlets, ou nos pontos de venda.

Existem ainda as grandes cadeias de comércios como a Premium Outlets e também a Tanger Outlets, além de redes independentes, tais como o Jersey Gardens, entre outras opções.

Entre as famosas lojas de departamento, verdadeiros shopping centers, há em Nova York duas das mais frequentadas por turistas de todo mundo, a Century 21 e a Macy’s. Tanto a Walmart como a Target estão entre as melhores lojas desse setor, dispondo à venda todo tipo de bens. Outras opções são a Best Buy e a Fry’s, que constituem comércios próprios de eletrônicos. Para quem busca artigos para o lar, há a loja Bed Bath and Beyond. Existem, também, comércios que trabalham com descontos, tais como a Marshalls, a Century 21 e a Ross Dress for Less. Outra dica importante é buscar nas próprias lojas informações sobre as taxas e os impostos sempre cobrados.

O mesmo tipo de precaução é recomendado para turistas que vão para a Europa, onde a quantidade souvenirs de diversos tamanhos é grande. Quando as pessoas viajam para outros países, em geral, elas não guardam apenas fotos e memórias, elas desejam adquirir bens de todos os tipos, ou comprar presentes para seus entes queridos, tais como: camisetas do tipo I Love NY, pequenas réplicas da Torre Eiffel ou mesmo chocolates belgas, enfim, uma série de objetos que terão que ser bem organizados nas malas.

Esta é outra dica importante, na hora das compras, já que as pessoas tendem a se empolgar muito, a comprar compulsivamente sem meditar sobre os custos e sobre como carregar tudo na hora de voltar para os seus países de origem. Como já foi indicado, é importante pesquisar bastante, antes de adquirir qualquer coisa, além de consultar os melhores preços.

Se a pessoa está em condições de gastar bastante e pretende comprar um mundo de coisas para levar ao Brasil, é bom estar ciente de levar malas maiores, e estar preparado para arcar com os custos de peso das bagagens.

Outra dica importante é que os viajantes tratem de experimentar, testar tudo o que compram. Em muitos países os impostos não estão implícitos nos preços dos produtos, portanto, perguntar aos comerciantes nunca é demais. É válido utilizar outros modos de pagamento, exigir nota fiscal e cuidar com o acesso de bagagem e de peso.

Por Paulo Henrique dos Santos

Compras no Exterior


Descubra como é feita a conversão e saiba qual é o seu número de roupa na Europa.

Para quem ama viajar, a hora das compras não pode ter complicação. Se você pretende aproveitar a viagem para a Europa para renovar seu guarda-roupa, prepare-se para não ser prejudicado por não saber qual é a sua numeração fora do Brasil!

Tanto roupas como sapatos tem uma numeração no Brasil, que varia de acordo com o lugar do mundo onde você estiver: já reparou que ao pegar um calçado para consultar o número, há uma numeração para o nosso país (BRA), uma para os Estados Unidos (EUA) e outro para a Europa (EUR). Portanto, essa informação é essencial para você que não quer pagar mico ou ficar sem suas roupinhas de Paris por conta do número!

Além da Europa, vamos abordar também as lojas chinesas, queridinhas de quem compra online, já que o padrão classificatório é o mesmo (XS, S, M, L e XL, etc).

Conversão de tamanhos para roupas intituladas femininas

As três áreas do corpo cuja determinação de tamanho de roupas considera são: o busto (tórax), o quadril e a cintura.

Tamanhos pequenos

O tamanho XS corresponde ao tamanho PP, os números nos países são:

  • 24 no Brasil;
  • 6 no Reino Unido;
  • 2 nos Estados Unidos;
  • 34 na Europa.

Já o tamanho S, corresponde ao tamanho P, enquanto os números nos países são:

  • 36 no Brasil;
  • 8 no Reino Unido;
  • 2 nos EUA;
  • 36 na Europa.

Tamanho Médio

Passados os tamanhos pequenos, vamos aos tamanhos médios: M e M.

  • No Brasil, 38 e 40;
  • No Reino Unido, 10 e 12;
  • Nos EUA, 4 e 6;
  • Na Europa, 38 e 40.

O primeiro M é composto das seguintes medidas: 86-90cm, 63-67cm, 92-96cm, de tórax, cintura e quadril, respectivamente. O segundo M fica para quem tem medidas de 90-94cm, 67-71cm, e 96-100cm, de tórax ou busto, cintura e quadril, respectivamente.

Passando para os tamanhos maiores, vamos ao L e L.

Tamanhos grandes

Os tamanho "L" são os nossos conhecidos tamanho G. Levando em consideração medidas em cm de tórax, cintura e quadril de 94-98, 71-75 e 100-104; enquanto o segundo G conta com as medidas, em cm: 98-102, 75-79 e 104-108, respectivamente.

Os tamanhos em números são:

  • 42 e 44 no Brasil;
  • 14 e 14 no Reino Unido;
  • 8 e 10 nos EUA;
  • e 42 e 44 na Europa.

Tamanhos extra grandes

Os modelos GG, ainda femininos, ficam por conta das nomenclaturas XL.

  • Brasil: 46 e 48;
  • Reino Unido: 16 e 16;
  • Nos Estados Unidos: 12 e 14;
  • Europa: 46 e 48.

Os números 50, 52 e 54 na Europa são os tamanhos G1, G2, G3: XXL, 3XL e 4XL.

Nos Estados Unidos, esses números são 16, 18 e 20.

No Reino Unido, 18, 20 e 22, enquanto no Brasil, esses tamanhos são correspondentes a 50, 52 e 54.

Tamanhos Masculinos

Os números masculinos mantém o padrão de letras e número dos modelos acima, sendo que nos EUA e Reino Unido, as númerações de S a XXL (são 36 e 38 – S e M, 40 e 42 – M e G, 44 e 46 – L e XL, 48 e 50 – XL e XXL, enquanto 52 e 54 são 3XL e 4XL.

Tamanhos Infantis

Brasil:

RN (recém nascido), P de 0 a 3 meses, M de 3 a 6 meses; G de 6 meses a 1 ano; GG 1 ano; 2 de 2 anos; 3 de 2 a 3 anos; 4 de 3 a 4 anos. As letras correspondentes são NB; S; M; L; XL; 2T; 3T e 4T, respectivamente.

Reino Unido:

RN = NB; P = NB/3M; M = 6M; G = 6M/12M; GG = 12M; 2 = 2T; 3 = 3T; 4 = 4T.

Estados Unidos:

RN = NB; P=NB/56; M = 62; G = 68; GG = 74-80; 2=86; 3=92; 4= 98.

Carolina B.


Voos sairão das cidades de São Paulo e Salvador.

Quem já viajou para a Europa sabe como é ruim ficar parado no aeroporto esperando a outra aeronave chegar. Geralmente com paradas no nordeste e no centro oeste, os vôos para o continente europeu podem ter várias conexões, às vezes com horas de intervalo. Para quem tem pressa ou não tem nada para fazer no tempo em que fica esperando no aeroporto da cidade de conexão.

A Ryanair, companhia aérea low-cost conhecida no mundo todo, fechou uma parceria com a Air Europa, para iniciar vendas online de voos direto para a Europa, partindo do Brasil, Cuba, Argentina, México e Estados Unidos.

Segundo a informação divulgada, já é possível agendar o voo de longa distância através do site da Ryanair. Foram disponibilizadas 20 rotas, saindo de Madrid (Espanha), para 16 países localizados na América do Sul, Central e do Norte. Saindo do Brasil, os locais de partida são as cidades de São Paulo e Salvador. Outras grandes cidades também servem de ponto de partida, são elas: Nova York, Buenos Aires e Havana.

Em relação a preços, pode-se dizer que o valor vai variar de acordo com os destinos escolhidos, de forma usual na compra de passagens, lembrando que agosto e julho são meses em que a Europa está em alta temporada, portanto, os preços tendem a subir nessas épocas do ano.

Assinando esse acordo com a Raynair, a Air Europa multiplica por dois sua conectividade, inserindo mais 53 cidades européias dentro de seu catálogo de destinos. Enquanto isso, a Raynair, que já opera em mais e 50 rotas de curta distância com destino a Madrid, deve multiplicar esse número, somando os novos destinos.

No começo desse ano, mais especificamente em janeiro, a companhia irlandesa deixou a Lufthansa para trás, subindo no podium de maior companhia aérea da Europa, levando em consideração o número total de passageiros no mês apontado. Estima-se que a companhia tenha atendido 130 milhões de passageiros no ano de 2016.

Carolina B.


Viajaré parte integrante da rotina dos europeus. Prova disso são as estimativas, as quais apontam 120 milhões de consumidores de pacotes de viagens personalizados. Esse público estará ainda mais protegido se for aprovada uma reforma que está sendo proposta pela Comissão Europeia.

Atualmente, devido às regras definidas pela UE, os consumidores possuem total tranquilidade assim que adquirem os pacotes de férias – independente da agência de viagens abrir falência, os bilhetes de avião, o automóvel alugado e o quarto de hotel reservado estarão garantidos por lei.

Porque pensar na reforma?

A regulamentação em vigor é de 1990, período em que a maioria dos consumidores europeus adquiria suas viagens pessoalmente na agência de viagens. Atualmente, cresce diariamente o número de consumidores que definem pela internet o seu pacote de viagens. Isso faz com que os consumidores tenham mais autonomia, escolhendo empresas diferentes para cada item da sua viagem. Exemplo: através de um site reservará o hotel, através de outro site comprará as passagens aéreas e por meio de outro endereço eletrônico alugará o carro.

Nesse sentido, a nova regulamentação propõe maior transparência quanto aos direitos do cidadão, controles mais rigorosos em relação ao aumento de preços ocorrido assim que o contrato for assinado, clareza sobre o que é responsabilidade de cada parte em situações imprevistas. Concluindo, esse conhecimento exato sobre o tipo de proteção concedido garantirá mais tranquilidade aos cidadãos na hora de desfrutar sua viagem de férias.

E as vantagens não encerram, assim como os consumidores serão beneficiados, as empresas também ganharão com a reforma. Isso porque as formalidades administrativas serão reduzidas, criando condições justas de concorrência.

Do que depende a reforma?

Os cidadãos da União Europeia poderão usufruir dos benefícios das novas regras se o Europeu e os Estados-membros chegarem a um acordo relativo sobre o texto final. Se esse acordo ocorrer nos próximos dias, será possível adotar a nova regulamentação até o início de 2015.

Por Rafaela Fusieger


Existem muitos belos lugares nas terras lusitanas, paisagens muito mais encantadoras que não se limitam a capital Lisboa ou a cidade do Porto.

Portugal possui uma história vasta e cidades que permitem um turismo econômico e surpreendente.

São três os lugares indicados, não apenas por sua beleza, como pela economia dos baixos preços, bem como a hospitalidade dos moradores das cercanias.

1- Região Rural de Alentejo possui uma paisagem oposta as normalmente visitadas em Lisboa, com vastas plantações de milho e vastas florestas constituídas de pinheiros. A região margeia o litoral, possuindo belíssimas praias. A quantidade de turistas, mesmo em alta temporada é baixa. Além das paisagens incríveis, a região é considerada pela UNESCO patrimônio da humanidade. Se for passear pelo Alentejo provavelmente você irá se deparar com diversas ruínas do tempo da Império Romano, bem como Catedrais exuberantes.

2- Praias badaladas estão em Algarve, onde o verão é muito mais agradável. Nesta região portuguesa existe uma quantidade irrisória de diversão à preços extremamente baixos, tendo o turista ao seu dispor esportes radicais, praias limpas e bares noturnos. É possível passear pelo Monte Foia, onde raros são os turistas e se quiser descansar o interessado poderá aproveitar as águas termais de Caldas de Monchique.

3- Açores é uma boa opção para os que querem conhecer ilhas vulcânicas à um preço acessível. São poucos os que se aventuram nas ilhas de Portugal, tendo passeios diários aos vulcões, além de excelentes termas pelas águas ferventes que as fontes vulcânicas produzem. O Açores é um arquipélago pouco visitado, logo as ilhas são quase desertas se comparadas as mais conhecidas.

Todas estas sugestões estão disponíveis nas agências de turismo convencionais, porém, são poucos os turistas que realmente buscam estes lugares para descanso e lazer, no entanto, querendo passar uma temporada em Portugal e pretendendo economizar, estes lugares são além de recomendados, muito satisfatórios.

Texto por Layla Rodrigues


Brasileiros podem experimentar destinos pelo Mediterrâneo ou Norte Europeu na temporada de verão do Hemisfério Norte. São onze navios e cruzeiros que variam de 4 a 18 noites e que fazem parte do foco da expansão internacional da empresa.

A Royal Caribbean programou 47 cruzeiros, sendo que são 27 itinerários únicos e escalas em 30 portos de 12 países. O navio Liberty of the Seas tem roteiros programados de quatro a sete noites pelo Mediterrâneo, com partida de Barcelona. Já o Independence of the Seas, faz viagens de três a dezoito dias a partir da cidade inglesa Southampton. O Visiion of the Seas estará pelo Norte da Europa, com saídas de Oslo, Estocolmo e Copenhague com roteiros que variam de quatro a treze noites e passam pelas capitais escandinavas ou países bálticos, Mediterrâneo e até mesmo o Círculo Ártico.

Outro tour diferente é feito pelo Brilliance of the Seas, que de 12 a 16 noites, passa pelos Emirados Árabes, Índia ou Canal de Suez, com saída de Dubai.

A Royal Caribbean é  uma companhia mundial dedicada a cruzeiros marítimos. Possui uma frota de 34 navios, entre eles os dois maiores do mundo. Para informações sobre os navios e roteiros completos acesse www.royalcaribbean.com.br.

Por Danielle Vieira


Para você que adora viajar e conhecer lugares inesquecíveis, uma ótima opção é a cidade de Praga, na República Checa, Europa Oriental. A cidade é bem aconchegante e a cultura está em cada parte.

Praga tem um final de tarde deslumbrante, de cor alaranjada, que enfatiza as construções barrocas em volta da ponte Carlos V, desta que é uma das mais antigas capitais europeias.

Possuindo mais de mil anos, a cidade possui uma arquitetura toda especial, com construções que vão desde o estilo gótico até o moderno, retratando os diversos períodos da história por quais passou, como as monarquias e os domínios nazista e soviético.

Por não ter ainda incorporado o Euro como sua moeda, Praga se torna um destino de viagem mais barato do que as outras famosas cidades da Europa, como Roma e Paris.

Em suas ruas pode-se ver uma invasão cultural com músicos, cafés, palcos de teatro de marionetes, além de cervejarias e igrejas que apresentam verdadeiros concertos de música clássica.

Sem dúvida um destino inesquecível.

Por Elizabeth Preático


A Euro Disney conhecida como “Disneyland Resort Paris”, fica a 32 km da capital francesa numa cidade chamada Marne-la-Vallée. Para chegar lá é possível ir de trem partindo de Paris ou de Londres ou então, pegar um traslado conhecido como shuttle bus direto dos aeroportos parisienses.

Cada viagem dessa custa cerca de 20 Euros e a duração é de mais ou menos uma hora. Para comprar os bilhetes de entrada e saber onde se hospedar basta acessar a página oficial do parque em: us.disneylandparis.com/index.xhtm l ou procurar uma agência de viagens que tenha um pacote para lá.

O resort possui seus próprios hotéis aos turistas que ali quiserem se hospedar. Há milhares de atrações para serem vistas; também vale a pena conhecer o Walt Disney Studios e almoçar por lá. Para isso, são necessários em média quatro dias.

Fique atento aos horários do parque é importante. Lembrando que na baixa temporada eles abrem mais tarde e fecham mais cedo. Encontrar alguém que fale inglês lá é fácil; as atrações dos parques costumam demorar, pois, são traduzidas em pelo menos duas línguas.

Para comer e economizar vale a dica de comer em Paris que é mais barato.

Por Karin Földes


Durante muitos anos existiu um país chamado Tchecoslováquia. Em 1º de janeiro de 1993 uma decisão parlamentar separou o país em dois: a República Tcheca e a Eslováquia. Praga é a maior cidade e é também a capital da República Tcheca, vizinha da Alemanha, da Polônia, da Áustria e claro da Eslováquia.

A cidade tem recebido milhares de visitas do mundo inteiro além de, na década de 90, ter se tornado um dos maiores pólos turísticos da Europa. Apesar de o povo não ser muito religioso, há milhares de igrejas para se conhecer na cidade, patrimônios históricos e artísticos.

Há também o castelo de Praga, no alto da cidade, onde se pode ver diversas vezes no dia a troca de guarda. Na praça central há o relógio astronômico que não pode deixar de ser visto. Há também diversos pacotes turísticos que incluem guias em português. Um desses pacotes é o Europa mundo que pode ser adquirido nas agências de turismo brasileiras.

Por Karin Földes


Muitas pessoas buscam os feriados prolongados e outras datas para poder viajar. Que tal arriscar dar uma saidinha, “fora” de época, do Estado em que reside para outra unidade federativa ou outro país, e aproveitar algumas promoções? Pois esta é justamente a ideia que a TAM Linhas Aéreas tem a oferecer

Até quarta-feira desta semana (16) a empresa emplaca a campanha "Ofertas TAM Viagens”. A promoção, segundo a companhia, é válida para viagens desempenhadas entre 12 de fevereiro e 28 de abril, com permanência de, pelo menos, três dias ou duas noites para rotas dentro do país. A promoção é um pouco mais abrangente, no calendário, para os interessados que pretendem ir para a Europa (12 de fevereiro a 28 de maio, com duração mínima de três dias).

Um bom exemplo é o roteiro para Florianópolis. A partir de R$ 637 à vista ou R$ 95,56 de sinal mais nove vezes, por pessoa e em apartamento duplo, é possível se hospedar no Hotel Porto da Ilha durante quatro noites, com café da manhã. Para Londres, o consumidor pode pagar a partir de R$ 2.029,83 à vista ou R$ 304,48 de sinal mais nove vezes, também por pessoa e em apartamento duplo, para se hospedar durante quatro noites no Hotel Ambassadors. Em ambos os casos o preço inclui passagem de ida e volta.

O parcelamento pode ser feito em até dez vezes, sem juros, no cartão de crédito. Vale salientar que a emissão dos bilhetes precisa ser imediata e que essa campanha não é disposta para período de congressos, feiras e feriados.

Para saber mais sobre estas e outras promoções acesse a página virtual da TAM.

Por Luiz Felipe T. Erdei


As férias é a época em que as pessoas mais procuram roteiros turísticos pelo mundo para descansar e se divertir. E exatamente por isso que é necessário pesquisar bem antes sobre roteiros, pacotes, passagens aéreas e se possível acertar tudo com antecedência.

A empresa CVC turismo, possui pacotes pré-definidos com alguns serviços incluídos.

Os pacotes com destino a Lisboa, Madrid e Paris são os mais procurados e pode ser definido como o cliente desejar.

Nesse pacote já estão incluídas as passagens aéreas de ida e volta, hospedagens com café da manhã e passeios turísticos de acordo com o roteiro a ser definido pode custar de R$ 7.666,56 a R$ 3.431,56.

Não perca tempo procure um agente de viagem e confira qual o melhor roteiro de suas férias ou acesse  www.cvc.com.br.

Por Milena Evelyn


Mesmo não constando mais como um destino regular de companhias aéreas (a Varig oferecia vôos semanais com escala em Londres), a Dinamarca é um país que vale a pena conhecer.

Afora seu diminuto território, de 43.094 km, recortado por diversas ilhas, esta monarquia reúne incríveis e belas atrações, como a estátua da Pequena Sereia, o parque de diversões Tivoli, a fábrica de brinquedos Lego e o parque Legoland, em Billund, além do castelo de Kronborg em Elsinore.

Por estar na parte setentrional do continente europeu, recomenda-se visita-lá nos meses de verão, como junho e julho, onde o clima é mais ameno. 

Por Adriana do Nascimento


A Europa tem paisagens maravilhosas em todas as estações do ano. Desde as paragens cobertas de neve agora no inverno, como as cores do verão.

Se você pretender viajar para a Europa em breve, considere viajar de um lugar para o outro de trem. Praticamente todo o continente é interligado por linhas de trem.

Os trens são super confortáveis e possuem duas classificações: a classe conforto e a classe econômica, mas se você optar pela classe econômica o ideal é que você não tenha muita bagagem, pois os compartimentos para bagagem são o único problema. Além de apertados é bom ficar com o olho aberto ou se prevenir com cadeados no caso da infelicidade de aparecer algum “batedor de carteira e mala”.

Algumas empresas oferecem pacotes em que você adquire um cartão de viagens válido por um mês em que você pode viajar por vários locais pagando apenas uma vez. É ideal para aqueles adeptos do backpacker life style.

Confira mais informações nos seguintes links:

Por Christiane Falcão


É um sonho compartilhado por muitos a visita à Torre Eiffel em Paris, os canais de Amsterdã, as praças italianas. O lado ocidental europeu certamente é um roteiro cobiçado e agora já realidade para muita gente. Mas a Europa possui um lado não tão conhecido. Não deixe se enganar pela informação de que essa parte da Europa é meramente o “primo pobre”. Países como a Romênia, a Bulgária, Hungria e Ucrânia possuem inúmeras opções de passeios turísticos para aqueles que querem mais baladas e compras, ou para aqueles que apreciam a natureza e querem conhecer diferentes culturas.

Na Romênia, uma das mais bonitas paisagens são as montanhas. O país possui uma cordilheira que corte o país quase de norte a sul. E a melhor notícia é que o custo é super baixo. É possível encontrar pousadas ou pensões que cobram um precinho camarada para você desfrutar de cidades históricas como Brasov, que fica no sopé da Piatra Mare, te oferece ainda um cenário romântico e com uma movimentação cultural muito plural.

Por Christiane Falcão


Quem viaja para a Europa, deve se lembrar de alguns detalhes. Não se entra na Europa sem um passaporte válido, para turistas não é preciso visto. Além disso, as autoridades européias exigem dos estrangeiros um seguro de viagem internacional para entrar na Europa.

Dificilmente alguma autoridade em qualquer aeroporto europeu pedirá que o passageiro mostre a apólice do seguro, mas mesmo assim é melhor não burlar essa norma.

O seguro custa em média 150 dólares mas a maioria das operadoras de cartões de crédito fornecem o seguro gratuitamente ao cliente premium que comprar a passagem de avião com seus cartões.

Sempre carregue cópias comuns dos documentos e evite passear portando seus originais, sobretudo passaporte, mas caso você perca ou tenha seu passaporte e outros documentos roubados o melhor é entrar em contato com o Consulado Brasileiro, por isso tenha sempre o endereço do consulado mais próximo.

Polícia Federal: www.dpf.gov.br

Por Monica Dinah


Catânia, que está localizada na ilha italiana da Sicília, entre o vulcão Etna e o mar, oferece um leque de diferentes emoções. Chamada de “Cidade das Artes” é apresentada como um centro cultural em grande movimento. A presença de seus teatros e a afluência cada vez maior de público confirmam sua glória e fama. A cidade da arte e da cultura recebe da mesma forma o clássico e o novo, o antigo e o jovem.

Catânia é uma mistura dos estilos grego, romano, medieval e normando e sua história confunde-se com a história desses povos. Igrejas barrocas em contraste com palácios de rocha de lava negra atraem os olhares. O mercado colorido adiciona um elemento folclórico à paisagem local. Todas essas contradições fazem da Sicília uma região de singular beleza. Na Piazza Umberto podemos prova um suco de tamarindo e sentir o sabor local, e para explorar a natureza ao redor do Etna é possível chegar em bicicleta, a cavalo, trem ou mesmo em um veículo off – road.

Para informações de temporada teatral www.teatrostabilecatania.it

Ou informações para passeios no Etna www.funiviaetna.com

Por Cintia Santoro


A Rubiatur está com uma viagem dos sonhos para qualquer mortal! O Navio Brilliance of the Seas vai passar doze noites viajando pela Europa e algumas cidades do mundo antigo como Cairo durante a passagem de ano.

A saída do cruzeiro ocorre no dia 29 de dezembro e segue por Barcelona, Palermo, Pireneus, Atenas, Alexandria, Cairo e Valleta. O transporte aéreo está incluido.

A entrada sai por 1.343 reais e mais dez parcelas de 348,00. A cabine interna é categoria M.

Saiba mais no site www.rubiatur.com.br. Não perca a chance de passar o reveillon mais incrível de sua vida. Boa viagem!

Por Victor Gonçalves


Quer viajar pela Europa? Mas…e quem não quer?

Saiba que não é preciso deixar todas as economias de uma vida para viajar por toda a Europa. Uma das grandes vantagens de se conhecer os países europeus é a possibilidade de conhecer TODOS bastando apenas pegar um trem.  É uma forma veloz, que evita demoras, grandes despesas e pouca interrupção na viajem.

Além do estilo e conforto tanto para viajens longas quanto para curtas. Os trens são espaçosos, assentos são amplos e os serviços exclusivos.

Além disso você compra daqui do Brasil mesmo e de forma online.

Acesse www.raileurope.com.br e reserve seu destino de forma segura, rápida e barata pelos lugares mais belos do mundo. e Boa viajem!

Por Victor Gonçalves


Se para este carnaval o que você espera é aproveitar fora do país, sem o samba e a alegria contagiante, com um pouco mais de reclusão e conhecimento segue umas dicas para uma viagem européia.

Antes de mais nada você precisa ter certeza de onde quer ir. Por exemplo a Alemanha até pouco tempo atrás estava atrás de uma cortina de ferro, é quase impossível ter uma definição de quanta coisa há para se conhecer que por tanto tempo esteve escondida, por isso é preciso ter muita noção do roteiro para não acabar restrito ao repetitivo roteiro das agências de turismo.

A vantagem de armar uma viagem por conta própria é de poder por exemplo a partir de Berlim ficar apenas na Alemanha ou aproveitar e conhecer a República Tcheca e a Hungria.

Também é possível seguir para o leste europeu e chega a Polônia, Lituânia, Letônia e Estônia.  

As viagens podem ser feitas sim de carro, de trens e de ônibus, facilmente. Só necessita claro, de muita organização!

Por Victor Gonçalves


Novo Hamburgo é conhecida pela capital do calçado, é uma cidade típica de colonização alemã, com forte influência religiosa.

Importantes feiras acontecem na cidade para fomentação de negócios na cidade, que também tem muitas atratividades turísticas como o bairro Hamburgo Velho, que é um centro histórico com uma programação intensa de eventos culturais.

A cidade é rica em Museus, como o Museu Casa Schmitt Presser, com sua típica construção em estilo alemão com características coloniais, a Fundação Ernesto Frederico Scheffel, um casarão recheado de telas e esculturas, a Galeria Leões da Arte, com obras clássicas de artistas  de expressão nacionais e internacionais.

Na cidade poderá ser visitado um pouco da história indígena através do Museu do Índio, com acervo dos índios Tikuhna do Alto Solimões.

A Biblioteca Municipal é uma atração cultural a parte, inclusive com exposições, assim como o campus do Centro Universitário Feevale  que  revela  um toque de modernidade da cidade.

Por Silvane Romero


Genebra é um importante centro de diplomacia do mundo, é conhecida como a “Capital da PAZ”, onde inúmeras convenções de diversas organizações internacionais são realizadas. Também é uma das mais importantes capitais financeiras do mundo, e tem orgulho de estar classificada entre as cidades com a maior qualidade de vida  do mundo.

Um dos mais exuberantes pontos turísticos e cartões postais da cidade é o famoso Lago de Genebra, o Lac Lèman,  com uma ampla área onde acontecem feiras e muitas atividades, além da fonte Jet d’Eau com jatos de água  no meio do lago.

Há na cidade ainda vários Museus importantes, entre eles destaca-se o Musée d’Art Moderne et Contemporain, com suas fantásticas esculturas, o Museu de Arte Natural, o Museu Etnográfico e o Museu Internacional do Automóvel.

Também em Genebra o visitante pode visitar a exuberante Catedral St. Pierre com arquitetura em estilo Gótico e Romano, e deliciar-se com os mais  famosos chocolates do mundo.

Por Silvane Romero


A queda na cotação do dólar e euro estão impulsionando o turismo internacional. Os brasileiros estão tendo a oportunidade de sair do país e conhecer as maravilhas de diferentes países em todo o globo.

Um dos países mais procurados é Portugal, já que possui forte conexão com a história do Brasil. Para quem tem interesse em visitar este país cheio de atrações e história ao longo de seu território não pode deixar de visitar a Torre de Belém, o Centro Cultural de Belém, o Rio Tejo, a cidade do Porto e a riqueza da cidade de Guimarães.

A maior parte das operadoras de turismo no Brasil possuem diversas opções de pacotes na Europa que incluem visitas à Portugal. Existe, ainda, a opção de visitar apenas Portugal e conhecer melhor as belezas do país.

A CVC Turismo possui diversas opções de pacotes, que podem ser adquiridos a partir de R$ 3,1 mil.

Informações no site: www.cvc.com.br .

Por Luana Neves


Para quem deseja fazer uma bela viagem para a Europa este é o momento. Os preços dos pacotes de quinze dias continuam os mesmos em euros mas, o real valorizou em relação à moeda européia e ao fazer a conversão, o turista terá uma vantagem de vinte e um por cento em relação ao custo anterior.

Além disso, os hotéis europeus estão oferecendo descontos para conseguir trazer mais turistas em função da crise financeira da região. Aliás, devido a esta crise, a procura por viagens no continente europeu está muito grande e para quem deseja voar até lá, deverá fazer a compra do pacote com antecedência.

Uma dica é realizar compras através do cartão pré-pago, que funciona como um cartão de débito, é recarregável e não faz cobrança das transações efetuadas, a não ser saques, onde é cobrado dois dólares por operação.

Por Elizabeth Preático

Fontes: O Estadão


Luxemburgo, capital do país homônimo tem apenas 79 mil habitantes, mas reserva uma beleza única aos seus visitantes. Rodeada por vales e repleta de pontes, a cidade ainda é cercada por um enorme muro, que há muito tempo serviu para se defender de invasores.

A capital do país fica na região e planalto de Ardennes, uma das cinco regiões em que a nação é dividida. O clima da cidade é suave, varia entre 1°C no inverno e 18°C no verão, e o seu solo é extremamente fértil, permitindo uma natureza exuberante.

Observar a vista de toda a cidade de cima dos gigantes penhascos é uma atração a parte. A cidade tem o poder de revelar muitas curiosidades. O fato de todas as regiões do país serem muito próximas facilita ainda mais o turismo em Luxemburgo, e ao invés de conhecer apenas a região da capital, os turistas podem visitar também a região rochosa de Müllerthal ou a região industrial, que fica em Terres Rouges.

Por Juliete Lunkes


Situada no centro da Espanha, a capital Madri possui belíssimos parques, uma imensa seleção de museus, monumentos e edifícios históricos. A cidade é um excelente destino turístico para quem busca mais do que uma simples viagem de descanso ou passeio. Além da cultura presente por todas as ruas, as belezas naturais de Madri também encantam.

Um simples passeio pelas suas largas avenidas ou aconchegantes praças já é o suficiente para sentir o espírito de Madri. Para completar, o ideal é ainda beber um café e comer um típico churros no fim do passeio.

A vida noturna da capital espanhola também é intensa. O sangue latino dos espanhóis lhes permite fôlego e alegria para permanecer fazendo festa até o amanhecer, sempre incansáveis. O mais interessante é interagir com seu povo, arranhar um espanhol e entrar no clima de Madri.

Fonte: Uol

Por Juliete Lunkes


A cidade de Bruxelas, capital de União Europeia, é uma das mais românticas e culturais de todo o continente. Além de ser extremamente cosmopolita e uma típica cidade de negócios, Bruxelas é também muito vibrante. Repleta de construções históricas, prédios em estilo art noveau, edifícios modernos, a cidade espalha sua arte pelas paredes e muros da cidade. Tudo lá é totalmente bilíngüe, escrito em holandês e francês.

Os pontos turísticos mais procurados de Bruxelas são o Antomium, o Manneken-Pis e a Grand Palace, uma enorme praça central, que também é conhecida como Grote Markt. A praça é considerada uma das mais lindas e encantadoras do mundo. Muitos turistas alugam bicicletas para fazer pequenos passeios pelas ruas e bairros da cidade, que são bastante propícios para a prática.

A noite na cidade também é muito intensa. No verão, estação mais agradável por lá, suas ruas e bares ficam apinhados de turistas vindos do mundo inteiro.

Por Juliete Lunkes


Berlim, a capital da Alemanha carrega muitos outros fatos além de sua conhecida história. Na cidade todos os outros aspectos, como a cultura, a tecnologia e a arte se misturam com essa história, transformando-a em uma excelente rota turística a ser incluída no itinerário de viagens para a Europa.

Além da cultura gritante por todas as paredes de seus prédios e por todas as ruas e calçadas, Berlim concentra uma vida noturna bastante agitada. São vários bares e Pubs onde jovens se divertem diariamente. Alguns ambientes são mais populares e tocam música eletrônica, outros são mais alternativos e undegrounds.

Entre os vários pontos turísticos da cidade, o mais importante talvez seja também o mais conhecido: o muro, ou melhor, o aquilo que um dia foi o muro que separava Berlim. Há também outros lugares interessantes para se visitar, como a Estação Hauptbahnhof, o Parque do Tiergarten e os vários museus, entre eles o Pergamon e o Museu Egípcio.

Por Juliete Lunkes

Fonte: Uol


A Brasil Turismo está com uma promoção até o dia 18 de março, para você aproveitar suas férias e curtir a Europa por preços reduzidos.

São pacotes da CVC que incluem setenta destinos, onde estão inclusos 05 dias de hospedagem com café da manhã, seguro de viagem e passagem aérea com saídas de Florianópolis e Curitiba.

Você pode, por exemplo, conhecer a cultura portuguesa da linda cidade de Lisboa por R$1.992,00 ou oito vezes de R$249,00. Outra opção é ir a famosa cidade de Paris, conhecer o museu do Louvre, a Torre Eiffel e toda a elegância do povo francês por R$2.193,00 ou oito vezes de R$274,00.

Mas você também pode optar por Madri, Milão, Roma e vários outros destinos. Para mais informações acesse www.brasilturismonet.com.br.


A França é um país famoso em todo o mundo pelas suas belezas naturais, arquitetura, gastronomia, a alta costura, o modo dos habitantes, sua riqueza cultural entre outros.

Não é novidade sua rivalidade com a Inglaterra, vinda desde a Guerra dos 100 anos, mas, claro, tudo dentro da cordialidade e sem perder a pose da boa educação européia.

Quando se viaja pela França nomes conhecidos aparecem a todo o momento, tais como, Paris, os Chateaux (castelos) no Vale do Loire, a região de Champagne, a Normandia, Cannes entre outros.

Em se tratando especificamente de Paris não se pode deixar de citar alguns pontos que são obrigatórios para visita tais como: Museu do Louvre, a torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a Champs-Elysées, além da Catedral de Notre Damme.

Se ainda estava em dúvida, tenho certeza que a mesma se foi e não volta mais!

Allez à France!

Por Levi Rocha


A Marsans, maior grupo de turismo espanhol e um dos dez maiores do mundo, está presente no Brasil, trazendo o que há de mais moderno e conveniente para que sua viagem turística seja perfeita em todos os detalhes!

Aproveitando a valorização do real frente ao dólar,  agora é o momento de realizar a tão sonhada viagem para e a Europa! E a Marsans preparou vários roteiros, um mais especial do que o outro. Confira!

  • Circuito Madri, Lourdes e Paris: 07 noites, visitando Madri, Lourdes, Bordeaux e Paris, a partir de US$1.837,00 com entrada de US$370 e mais nove parcelas de US$163.
  • Circuito Paris, Normandia e Bretanha: pacote de 09 noites, com visitas a Paris, Nantes, Vannes, Quimper, Saint Maio e Rouen, a partir de US$2.638,00 com entrada de US$532 e mais nove parcelas de US$234.

Os pacotes incluem passagem aérea de ida e volta, traslados, café da manhã e hospedagem. Acesse www.marsans.com.br e confira os detalhes destes e de outros pacotes!

Créditos: Cris Keller


A companhia de turismo Marsans preparou pacotes destinados ao turista que se encanta pelas belezas, história e atmosfera da velha Europa!

São pacotes de 4 e 8 noites, visitando localidades como Paris, Lisboa, Madri, Roma e Londres, com preços a partir de US$1.193.

Há também um pacote chamado Europa Express, que permite que o turista conheça as cidades de Paris, Turim, Veneza, Florença e Roma, com preços partindo de US$2.181, que pode ser pago com pequena entrada e mais nove parcelas fixas.

Os pacotes incluem passagens de ida e volta, café da manhã e uma linha bolsa de viagem. Acesse www.marsans.com.br e conheça os detalhes!

Créditos: Cris Keller


Às margens do Rio Guadalquivir, que também banha a Sevilha, a cidade espanhola de Córdoba reúne diversos sítios arqueológicos e um passado glorioso. A influência Moura deixou marcas evidentes por toda região.

Uma das atrações mais procuradas é uma visita pela Mesquita de Córdoba, construído no século 12, o edifício apresenta muitas formas arquitetônicas.

Visite também a Casa Andaluzí. O casarão, construído no século 12, tem acervo sobre a época medieval e a cultura islâmica, e é aberto à visitação.

Os melhores meses para se fazer uma visita à cidade são em abril e maio, por não apresentar temperaturas tão elevadas e proporcionar muitos festivais.

Por Rosana Radke


A CVC Turismo tem pacotes imperdíveis para realizar o seu sonho de conhecer e viajar pela Europa.

Quem nunca se imaginou viajando e passeando por locais famosos como Madri, Roma e Barcelona?

Vale a pena conferir, a empresa oferece pacotes com possibilidades de parcelamento em até 8 vezes.

Promoção de 7 a 15 de novembro, você pode adquirir pacotes da CVC voando pela Iberia com preços reduzidos para mais de 70 lugares em toda Europa.

Não perca essa chance e realize o seu sonho.

Mais detalhes acesse: www.cvc.com.br/europa


Até 1873, a cidade era dividida em duas partes, Buda e Peste, separadas pelo lindo rio Danúbio, porém foram unificadas e hoje é um dos destinos mais procurados por turistas de todo o mundo.

Que a beleza do rio já vale a viagem, isso é fato. Porém a cidade tem muitas outras atrações, como por exemplo, o Castelo de Buda, que fica do lado oeste da cidade, já do outro lado, onde antigamente era a cidade de Peste, o melhor para aproveitar é a vida noturna, muito badalada e com muita gente bonita.

Os dois lados têm em comum, os diversos bares, cafés de gosto só de ver, lojas e muito que olhar e comprar. Além disso, a cidade tem cara de Paris e é muito charmosa, ideal para casais em lua de mel.

A culinária é ótima, os banhos termais também e se der sorte, pode estar lá durante o Budapest Spring Festival , maior festival de cultura e música da cidade. Vale à pena conhecer!

Por Susan Mélany


A capital da Irlanda, Dublin, ficou conhecida por seus belos castelos, museus sofisticados e restaurantes de primeira linha. Hoje também há outro fator que atrai os turistas: a agitada vida noturna.

A cidade tem atrações turísticas de sobra. O quarteirão Temple Bar, com seus restaurantes, galerias de arte e muitos muitos pubs, é um dos lugares mais visitados.

O Castelo Dublin, construído no século XIII, é um passeio imperdível, lá o turista pode conhecer o lado de dentro do castelo.

Há ainda o Museu Nacional e o Castelo Malahide, todo feito de pedra, abriga um jardim com mais de cinco mil espécies de plantas.

Por Rosana Radke


A capital da Escócia, Edimburgo, é uma das cidades européias que mais preservam as tradições de seus antepassados. A história do país pode ser vista por vários pontos da cidade.

Conhecida como a capital do uísque e dos homens que usam saia e tocam fole, a Escócia tenta manter viva a História do país. Não é difícil ver casas velhas e igrejas antigas pelos bairros de Edimburgo.

Os castelos que embelezam a cidade são destinos certos dos turistas. Um dos castelos mais conhecidos é o Castelo de Edimburgo. Tanta arte, cultura e belezas naturais, fazem da cidade o destino de turistas de todos os continentes.

Por Rosana Radke


O País de Gales é um verdadeiro baú de belas paisagens e riquezas históricas e culturais. Localizado no continente Europeu, na fronteira com a Inglaterra, o país possuía uma das civilizações mais antigas do mundo.

Para conhecer mais da história e dos mitos do País de Gales, uma dica é visitar os Fortes Romanos e os mais de 400 castelos. Antigos mercados e aldeias dão cores ao interior do país; já as cidades são bem desenvolvidas e cosmopolitas.

Você pode começar o roteiro de viagem pela fronteira com a Inglaterra, em Offa’s Dyke, ou escalar as montanhas de Cader Idris. Para quem gosta de praia uma boa pedida é conhecer as areias de Pembrokeshire.

Por Rosana Radke


A ilha de Ibiza, localizada no leste da Espanha, é sinônimo de agito e curtição. Cada vez mais buscada por turistas baladeiros, Ibiza é a considerada a capital européia das festas.

E não é somente pelas festas que Ibiza atrai cada vez mais turistas. A paisagem do lugar deixa todos visitantes boquiabertos. Praias escondidas, mar azul, e verde por todos os lados entusiasmam até quem está acostumado com belas paisagens.

Considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, Ibiza reúne beleza e elegância. Os hotéis luxuosos e os restaurantes sofisticados são marcas registradas da ilha. Em Ibiza o contato com a natureza se mescla ao conforto e ao glamour.

Por Rosana Radke

ibiza


Basta andar pelas ruas para perceber que Milão é a capital da moda italiana. As lojas de sapatos e roupas fazem até os menos consumistas irem às compras. Um dos lugares preferidos dos turistas para fazer compras é a galeria Vittorio Emanuele II , com teto de vidro e piso de mármore, a galeria abriga umas das lojas mais chiques da cidade.

Em grande estilo, Milão reúne também diversos museus, obras de arte e catedrais. Entre os artistas mais famosos que compõe o cenário artístico da cidade estão Leonardo da Vinci e Michelangelo.

Um dos mais visitados lugares de Milão é Piazza del Duomo, uma catedral em estilo gótico, a quarta maior igreja do planeta, que abriga cerca de 3.500 estátuas.

Por Rosana Radke


Para se maravilhar numa das cidades mais lindas da Europa embarque rumo a Lisboa. A capital de Portugal tem muito a oferecer aos turistas nestas férias, um dos motivos é o clima: o inverno não é tão rigoroso quanto no resto da Europa.

Lisboa é uma cidade para todas as épocas do ano. No verão você pode curtir a beleza de praias paradisíacas, como Cascais e Estoril; no inverno uma boa pedida é passear entre as ruas de pedras, estreitas e antigas, que dão ar romântico à capital.

Para quem prefere sair às compras Lisboa é o lugar certo. Há centros comercias sofisticados e lojas para todos os gostos.

Por Rosana Radke


A cidade é tão poética quanto o rio Danúbio que a corta. Os cerca de 1,6 milhão de habitantes que residem nela a chamam por “a cidade dos músicos”. E o turista comprova isso quando visita os consertos e bares de Viena: música não falta.

Um lugar imperdível na capital da Áustria é Theater an der Wien, que serviu como palco para Beethoven. Há também outros teatros importantes, como o Theater in der Josefstadt, o Volkstheater e o Burgtheater.

E para fechar com chave de ouro o passeio pela capital austríaca, deve-se visitar o Cemitério Central, para conhecer o túmulo do conterrâneo mais querido de Viena, Beethoven.

Por Rosana Radke

viena


Frankfurt é uma das mais cidades mais modernas da Europa. Os aranha-céus, as importantes fábricas e o fato de ser centro economico da Alemanha são prova disso.  Próximo ao Centro da cidade, o Bairro dos Bancos deixa os turistas boquiabértos por conta da modernidade.

No bairro Römer, os visitantes podem apreciar um complexo de casas medievais patrícias. Em Frankfurt, o moderno se mescla à preservação das tradições. Por toda cidade há Museus e galerias de arte.

A casa onde o escritor Johann Wolfgang von Goethe nasceu permanece até hoje e é aberta aos visitantes. É possível visitar a biblioteca da casa e até os brinquedos com que Goethe se divertia quando criança. Junto à casa do escritor, um museu guarda preciosidades relacionadas à vida e obra de Goethe.

Por Rosana Radke

frankfurt


A Inglaterra integra o Reino Unido junto com a Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales. Sua monarquia parlamentar tradicional é famosa em todo o mundo, atualmente os seus principais representantes são a rainha Elizabeth II e o príncipe Charles, pela coroa real e o primeiro-ministro Gordon Brown.

A capital Londres é mundialmente conhecida por sua agitada vida cultural, que oferece as mais variadas atrações como shows musicais, exposições em galerias de arte, museus e peças de teatro.

Quem vai à capital não pode deixar de experimentar a sensação única de andar no ônibus de dois andares, dar um telefonema em uma das cabines telefônicas, visitar o Palácio de Buckingham, ver a troca da guarda, ir à London Eye (roda-gigante projetada para a virada do milênio), conferir o Big Ben, e, claro, tomar uma “pint” (copo típico de cervejas) em um dos pubs da cidade.

Mesmo o país sendo um dos mais procurados pelos brasileiros, o departamento de imigração tem sido cada vez mais exigente, devido ao grande número de problemas com permanecias ilegais e problemas com trabalhos envolvendo brasileiros.

Além disso, os brasileiros lideram o ranking de deportações do Reino Unido, segundo dados oficiais, vindo logo após os paquistaneses.

Por Levi Rocha


A capital oficial da Holanda, Amsterdã, é um dos destinos mais procurados pelos turistas por seus monumentos históricos e sua diversidade cultural. Aliás, a diversidade de culturas, idéias e opiniões está presente na sociedade do país que prega o respeito às minorias e as diferenças.

Ao chegar à cidade é impossível não se render ao meio de transporte mais utilizado, a bicicleta.

Entre os monumentos históricos de Amsterdã se destacam a casa de Anne-Frank, onde judeus se esconderam dos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, e o Museu de Van Gogh.

O país é muito famoso pelos seus canais, e em muitas cidades o transporte fluvial é muito utilizado, como por exemplo,Roterdã que possui um dos maiores portos do mundo e é rota de importação e exportação na Europa.

Aos brasileiros que desejarem conhecer o país é importante saber, quem for permanecer no país por até três meses não precisam de visto. Para entrar na Holanda basta ter um passaporte válido, comprovação de sustentabilidade pormeios financeiros e passagem aérea com data de retorno.

Por Levi Rocha


O nome é estranho: Reiquejavique. É a capital da Iceland (Terra do gelo), no português Islândia. O país é uma ilha, como o próprio nome diz – fria ao extremo. Mas, tanto frio não esconde a beleza exuberante do lugar. Lagos, montanha, vulcões, tudo isso tem de sobra em Reiquejavique.

Os “filhos dos Vikings“, como se intitulam os moradores de Reiquejavique, já estão acostumados às temperaturas gélidas, a média anual dos termômetros é de 5°C (uma das mais quentes do país).

Reiquejavique é capital com uma das melhores condições de vida do planeta. A taxa de analfabetismo é de quase 0%. E o índice de qualidade de vida está em quinto lugar do mundo.

reiq


A beleza está em todos os cantos da cidade. Desde as casas coloridas nas beiras de rios, até nos grandes lagos e parques de diversões. É difícil não se apaixonar pela capital dinamarquesa. Com cerca de 1,2 milhões de habitantes, Copenhague é a maior cidade do país.

Copenhague parece ter saído de um conto de fadas. Os castelos, caixas de correio vermelhas, e o parque de diversões Tivoli, um dos mais antigos do mundo, dão à cidade um aspecto de cenário de histórias infantis.

Quem visita Copenhague não pode deixar de conhecer a Casa da Opera de Copenhague e o Castelo Rosenborg. O Museu Nacional de Artes da Dinamarca, o maior do país, também é uma boa opção para quem curte artes.

E não se espante e você encontrar um clima gélido. O país tem temperaturas baixas até mesmo no verão.

Copenhague





CONTINUE NAVEGANDO: