Na Suíça há muitos lugares para se visitar. Como conhecer museus a céu aberto, com muita arte e artesanatos.

Algumas dicas de museus são o Ballenberg e o Museu Suíço dos Transportes. O primeiro deles mostra construções seculares do país como jardins históricos e campos, além da impressão cultural da zona rural de tempos longínquos.

Os preços para grupos são menores (com reserva antecipada) e crianças pagam meia entrada. O segundo museu (dos Transportes) é o mais visitado do país e o mais variado. São milhares de artefatos expostos em um espaço de 24.000 metros quadrados. Menores de 6 anos não pagam entrada, crianças pagam meia e adultos inteira.

Outro lugar que não deve deixar de ser visitado é o Castelo Chillon, que é lendário e foi construído sobre uma rocha ao lado do Lago Genebra, inspiração de grandes obras como a de Charles Dickens. Crianças pagam metade da taxa de entrada.

Lembrando que no inverno os horários de abertura são diferentes do que no verão.

Para adquirir todas as informações basta acessar:

www.ballenberg.ch, www.verkehrshaus.ch e www.chillon.ch

Por: Karin Földes


A capital da Grécia, Atenas, tem muitos anos de historia e, por isso, muitas coisas para serem visitadas lá. Um dos monumentos que certamente não deve de ser visitado é o templo à Deusa Atenas, a mesma que dá nome à cidade.

Além disso, há outros lugares famosos a serem visitados como o Pathernon e seu museu, Acrópoles, o Teatro de Dionísio, o templo de Zeus, a Porta de Adriano, o Museu Nacional, a Catedral, dentre outros lugares como museus. Tudo isso pode ser visto no que se conhece como Atenas antiga, ou seja, a Atenas histórica.

O que poucos sabem é que existe a Atenas moderna onde há outras coisas para serem visitadas como por exemplo a Praça da Constituição onde possui ao seu redor hotéis de luxo, cafés e butiques. No centro dessa parte da cidade há o Parlamento onde é possível ver a troca de guarda quando os soldados usam trajes bem pitorescos.

E para aqueles que tem vontade de ver a cidade de cima, a bela paisagem pode ser vista em cima da Colina Lekavitos. O melhor é contratar um pacote em uma agência de turismo para conhecer tudo isso sem deixar de desfrutar nada.

Por Karin Földes


Em breve, moradores e turistas de Aracaju terão uma nova opção de passeio, o Museu do Mangue. O local, que está sendo construído em ritmo acelerado por uma equipe de 40 pessoas, ficará localizado no bairro Coroa do Meio. 

Já em fase de finalizações, o Museu do Mangue será preservado ecologicamente, possuirá quiosques, núcleo de apoio a pescadores, pier, espaços para oficinas e palestras, locais para exibições de vídeos e exposições artísticas e quadras de esportes.

A maior preocupação e objetivo do Museu é preservar o ecossistema dos mangues, de acordo com o engenheiro Gilvan Sandes. A previsão para a inauguração do Museu está prevista para o mês de março de 2011.

Por Monique Mota


Uma hora de trem é o tempo que leva de Oslo, capital da Noruega, até uma pequena cidade chamada Kongsberg. Ela ficou famosa por suas minas e por todo o mineral que delas era extraído. Hoje as minas estão desativadas, mas as moedas norueguesas continuam sendo feitas em Kongsberg.

É possível lá visitar o museu que mostra um pouco dessa história da mineração, além de mostrar também um pouco da história das moedas e da fabricação delas durante anos e anos de história. No mesmo museu é possível, além dessa parte de moedas e mineração, conhecer um pouco da história do esqui.

Na verdade o museu reúne vários museus em um só, um museu do esqui, o das moedas e o da mineração. Além disso, a cidade é muito bonita e tem um rio que corta a paisagem. Vale a pena visitar.

Por Karin Földes


Muitos paulistas viajam para outras regiões do Brasil sendo que podem encontrar o que visitar em seu próprio estado. Há tudo para todos os gostos: praias, montanhismo, rafting e balneários.

As praias do litoral norte estão cada vez mais badaladas, cidades com estâncias hidrominerais como Águas de Lindóia, Águas de São Pedro, Termas de Ibirá possuem boa estrutura turística. A cidade de Brotas na região de São Carlos é famosa pelo seu ecoturismo e por seus passeios emocionantes de rafting.

Claro a capital do estado não fica de fora com seus vários museus a visitar como o Museu da Língua Portuguesa, o Museu do Futebol, a Pinacoteca, o MASP, entre outros; além de suas milhares de salas de cinema, teatros, etc. Não é preciso que os paulistas saiam de seu estado para se divertir.

Por Karin Foldes





CONTINUE NAVEGANDO: