O edifício Copan é um dos marcos da arquitetura e da história da cidade de São Paulo, ele suscita muitas curiosidades e folclores.

Quem quiser conhecer um pouco mais sobre a história de São Paulo e sobre o Edifício Copan não pode deixar de participar do Roteiro Histórico e Cultural realizado pelo pessoal da Caminhada Noturna pelo centro de São Paulo.

Os guias do tour, que é realizado a pé, contam fatos históricos sobre a arquitetura, esculturas, museus, praças, galerias, bares, restaurantes entre outros pontos importantes da cidade.

Serviço:

  • Caminhada nas Alturas do Copan
  • Ponto de encontro, restaurante Apfel Centro
  • Rua Dom José de Barros, 99 esquina com a Rua Barão de Itapetininga
  • Tel.: (11) 3256-7909
  • Saídas às sextas-feiras às 14h00
  • Ingresso: R$ 15,00
  • Reservas com Laércio pelo telefone: (11) 9837-4063
  • Maiores informações: www.caminhadanoturna.com.br

Por Monica Dinah


A cidade de Santa Maria foi criada a partir de acampamentos militares, o que originou o nome da principal e mais extensa avenida da cidade, (do acampamento). Localizada no centro do estado do Rio Grande do Sul, Santa Maria é  intensa com muitas Universidades, incluindo uma das maiores do Brasil a UFSM.

Um passeio pela cidade é revelador expressado no multiculturalismo de influência portuguesa, espanhola e alemã que se reflete na diversidade da gastronomia local, seja em cantinas tradicionais ou em sofisticados restaurantes.

Entre as atratividades turistica a Vila Belga  com sua arquitetura eclética, a Catedral Diocesana em arte barroca e neoclássica, o Theatro Treze de Maio, também em estilo neoclássico e que recentemente foi restaurado, é palco de importantes apresentações culturais, a Basílica N. Sra. Medianeira um  dos maiores Santuario  do Brasil, o Museu Gama d'Eça, o Planetário, e muitos outros atrativos que encantam os visitantes.

Santa Maria é reconhecida como a cidade da Cultura, com uma expressiva feira de livros,encontros multiculturais, e outros eventos regionais.

Por Silvane Romero


Rio Pardo é um antigos municípios do estado do Rio Grande do Sul, esta localizado às margens do Rio Jacuí, cerca de 190 quilômetros da capital Porto Alegre.

Possui um valoroso patrimônio arquitetônico histórico Luso Açoriano, destacando-se a casa que hospedou D.Pedro II e Conde D’Eu (1865) e o Solar do Almirante Alexandrino de Alencar (1790), entre tantos outros prédios expressivos de grande valor  cultural.

A cidade também tem várias igrejas repletas de história, como a Igreja Matriz com altares Barroco, além do Museu de Arte Sacra, o Santuário de São Nicolau, cuja a construção da capela  foi realizada por Missionários.

A famosa Rua da Ladeira, calçada em estilo da Via Ápia Romana,  foi a primeira rua calçada do estado (1813), e também a Ponte de Arcos Romanos (1848).

A cidade é acolhedora e simpática com muitas opções de passeio. Na Associação de Artesanatos encontra-se preciosos souveniers em madeiras, escamas de peixe e materiais reciclados. Na Associação dos Sonhos, encontra-se preciosas iguaria  sonhos doces e salgados.

Por Silvane Romero


Capital da Hungria, localizada as margens do Rio Danúbio, Budapeste é mais do que uma opção de turismo é um mergulho na cultura e na historia.

Sedutora e deslumbrante Budapeste, com suas exuberantes pontes, museus, palácios, impressiona por seus traços, é uma harmonica mistura do clássico, da aristocracia majestosa, da musicalidade poética e folclórica.

Ha muitas opções para visitação de Museus, os visitantes podem eleger entre os temas: ferrovias, armas, telefonia, bandeiras, selos, borboletas, bonecas, aviões antigos, roupas dos tempos imperiais, História Natural,  Arte e Cultura, Holocausto, Tecnologia e muitos outros.

Também a Ópera Nacional, a Praça dos Heróis, o maior Parlamento do mundo, a maravilhosa Ponte das Correntes (Széchenyi), a Basílica de Santo Estevão, Coluna do Milênio, os Cassinos e o Mercado Central que é um paraíso de frutas, legumes, verduras, condimentos e muito do artesanato húngaro.

Para finalizar um passeio no funicular, cuja estação Budavari Siklo é construída em cristais e ferro e um café na centenária Confeitaria Gerbeaud.

Por Silvane Romero


Glasgow é a segunda maior cidade da Escócia e também a terceira mais populosa de todo o Reino Unido. A cidade tem um estilo único e uma personalidade marcante. Ela é conhecida mundialmente por sua bela arquitetura e por suas exuberantes paisagens campestres. Um dos lugares mais visitados em Glasgow, inclusive, é o Lighthouse, onde a história do arquiteto e designer Charles Rennie Mackintosh, filho mais ilustre da cidade, é contada minuciosamente.

A cidade também possui muitos museus, a maioria deles tem entrada franca. Entre os mais visitados está o Museu dos Transportes e o Museu da Gaita de Foles.  Os belíssimos parques também são um grande atrativo de Glasgow, principalmente o Glasgow Green, que fica na margem de um rio. Os pubs são um atrativo a parte e tornaram-se elemento fundamental para a cidade. Graças a eles Glasgow ficou conhecida como a cidade com a noite mais agitada de toda a Escócia.

Por Juliete Lunkes


O Piauí está investindo para atrair turistas ao estado, especialmente para o turismo ecológico e científico, objetivando a visitação a parques nacionais, além da apreciação da culinária, artesanato e cultura regionais.

Para isto, o governo do Piauí está investindo na construção do Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato, incluindo obras para a facilitação de vôos noturnos. O aeroporto ganhou uma nova pista de 1.650 metros de extensão, contando ainda com pista de taxiamento dos aviões, pátio de estacionamento e pista de serviços.

Para realizar estas obras no aeoroporto, foram investidos R$ 13,93 milhões. Em março deste ano, já foi inaugurada uma nova pista no Aeroporto Internacional de Parnaíba. As obras mencionadas fazem parte do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), do governo federal.

Por Elizabeth Preático

Fonte: www.tvcanal13.com.br


Blumenau é a terceira cidade mais populosa de Santa Catarina e é conhecida por sua colonização alemã, exposta na arquitetura, gastronomia e costumes da população. Quem vai para Blumenau pode ter tranqüilidade e agito ao mesmo tempo, o que torna a cidade destino certo para turistas de todas as idades.

De dia é possível passear pelas movimentadas ruas, apreciar as belas construções em estilo alemão e participar do turismo ecológico, que inclui treze trilhas entre museus e parques ecológicos. Além, é claro, de saborear pratos típicos da comida alemã dos diversos restaurantes especializados na cozinha germânica. Já à noite, as opções de bares e casas noturnas são para todas as idades, gostos e estilos, como o aconchegante The Basement English Pub, que lembra muito os originais pubs ingleses.  

No mês de outubro ocorre todos os anos em Blumenau a Oktoberfest, festa alemã que arrasta multidões vindas de todo o país e até mesmo do exterior. No site da prefeitura você pode encontrar um guia completo de turismo, compras e entretenimento e criar seu próprio roteiro conforme seu estilo de vida.

Por Juliete Lunkes


Paris, Oh Paris! Não farei nem ao menos uma introdução para falar da capital francesa, o simples fato de mencionar seu nome dispensa qualquer outro comentário.

A cidade das luzes é o lugar que possui mais pontos turísticos por m² que qualquer outro lugar no mundo. O Rio Sena com suas bancas de livros, o Louvre, Notre Dame, o começo da Champs Elysees, os jardins de Tuileries e claro: a torre Eiffel são alguns desses pontos e símbolos do principal destino da Europa. Fora o óbvio que todos sabem ainda há muito a se conhecer e absorver nessa cidade.

Tem a a alta gastronomia, moda, arte, arquitetura, a boemia e a classe da população Parisiense. Assim como não foi necessário introdução, terminar este artigo também é…Paris je t`aime.

Sem mais.

Por: Teresa Almeida


Existem determinados lugares, que se voc puder, deve conhecer e, a Ilha de Pascoa é um deles. Ela é uma Ilha isolada situada a 3700KM do Chile.

A Ilha ganhou fama, graças as estatuas dos Moais, que são esculturas gigantescas talhadas à mão na rocha vulcânica a mais ou menos 600 anos e  espalhadas pela Ilha e, até hoje um mistério para todos que a visitam. Bem mistérios a parte, A Ilha de Páscoa é realmente um local bonito e, se você tiver condições de visitá-la, mas não sabe onde se hospedar, aqui vai uma sugestão: Hotel Explora Rapa Nui. Esse hotel é ecologicamente correto, com excursões pela Ilha com guias experientes e poliglotas. As 30 acomodações do hotel são todas com vista para o mar. A permanência no hotel é de 3 noites, incluindo as refeições, bebidas e passeios. O lugar é  realmente muito interessante para ser visitado.

Se gostou da idéia e quer se hospedsr no hotel Explora é só acessar o sit e www.explora.com E descobrir os mistérios da Ilha de Pascoa, ou simplesmente apreciar sua beleza

Salete Dias


O Complexo Turístico do Morro de Cristo é um dos pontos turísticos de Pedreira, a 94 km de São Paulo. A sua entrada lembra as construções de Jerusalém, depois, iniciam-se as cenas da Via–Sacra, pintados a mão em azulejos, que encantam os visitantes.

Para quem prefere o turismo natural, o Zoo – Bosque Municipal reserva uma exuberante mata nativa com grande diversidade de plantas e animais. No local, os quiosques acomodam os visitantes que desejam momentos de tranquilidade.

O Rio Jaguari é outro atrativo, conta com ilhas em seu trajeto, criando fascinantes paisagens. Ele também corta a cidade, embelezando a área urbana. Já o Boulevard, às margens do rio, é uma área com muitas árvores, sossegado, ideal para enxergar belas imagens e descansar.

Sugestões de pouso:

Pousada Santa Maria (19) 3893.1411

Pousada Santana (19) 3853.2690

Pousada Panigassi (19) 3893.3327

Por Paula Cassandra


O nome pode parecer estranho e é um destino pouco conhecido dos brasileiros, porém fica aqui pertinho de nós, na Argentina.

Ao chegar a Quebrada de Humahuaca, a impressão é de estar em um lugar muito diferente de tudo que já se viu. A população é bem diferente do restante do país, não parecem com os argentinos que conhecemos, além disso, é muito, mais muito, quente, para se ter uma idéia, os moradores chegam a fazer casas em baixo de buracos no chão para se protegerem do calor.

As montanhas multicoloridas, são consideradas pela Unesco “Itinerário Cultural de 10.000 mil anos”, tamanha beleza  e história que estão por todo lado, a cada piscar de olhos, é possível descobrir um novo mundo, que está tão perto dos brasileiros mais que pouco valorizado.

A estrutura de hotéis é boa e os restaurantes também. Vale à pena conhecer.

quebrada

Por Susan Mélany


Uma extensa área deserta no Chile, que deixa todos os visitantes de queixo caído por ser tão bonito e por reunir paisagens que não existem em outros lugares do planeta.

Bom, o que vale falar assim logo de começo, é que o sol por lá, reina forte e o dia todo, é comparado inclusive, com a temperatura em Marte. Por isso, muito, mais muito filtro solar e a presença de um guia, são fundamentais par a conhecer a região.

Em São Pedro do Atacama, um pequeno povoado, serve como base para aqueles que querem explorar o deserto sem ter que abrir mão totalmente, do conforto e da sombra. O lugar ainda preserva o ritmo dos povos antepassados e só uma pequena parada por lá, já significa uma aula de cultura, além de ser uma capital arqueológica para o país.

Alguns dos pontos que não podem deixar de serem vistos são: Vales da Lua e da Morte, e os gêiseres de El Tatio, petroglifos, povoados de um só habitante e cânions em vales multicoloridos. Vale a pena conhecer.

volcano

Por Susan Mélany


Quando pensamos em Paraguai, logo pensamos em eletrônicos e tudo quanto é tipo de coisas baratas. Pois é, a cidade de Assunção tem muito mais a mostrar e deixa todos os visitantes impressionados com   a beleza e a cultura do lugar.

Muito castigada pelas perdas humanas durante a ditadura militar, Assunção vê na alegria do seu povo, o futuro melhor que todos esperam. Tudo lá é muito parecido com o Brasil, algumas danças, a culinária, o jeito do povo ao receber os visitantes, e a forma de levar a vida.

Com a desvalorização da moeda, o Guarani, quem vem do Brasil pode ficar tranqüilo que vai gastar pouco e conhecer muitos lugares na cidade. Além disso, dá para aproveitar e pechinchar muita coisa, que acaba saindo por um preço bem barato. Perto do Brasil e com condições tão boas para receber os visitantes, Assunção merece a visita de sua família nessas férias!

assuncao

Por Susan Mélany


Na estância turística de Holambra o Natal chega mais cedo e tem um sabor diferente: devido à forte imigração holandesa, os habitantes iniciam os festejos natalinos no dia 5 de dezembro, quando é comemorado o dia de São Nicolau, o Papai Noel holandês.

Ele distribui doces e percorre a cidade, distribuindo muita alegria. A cidade promete comemorar as festividades de final de ano com uma série de atividades, que serão realizadas na Praça dos Pioneiros, sempre a partir das 19:00 h. Este ano serão montados cenários exclusivos, com temas que vão dos “Moinhos dos Ventos” ao “Menino Dique” e “Fábrica de Queijos”. Tudo muito original. E imperdível!

Créditos: Cris Keller


As alternativas de turismo na Romênia atendem praticamente todos os gostos em todas as épocas do ano, com uma riqueza e diversidade que fazem o turista quer repetir a viagem.

Ao contrário da sua história conturbada, as atrações turísticas do país oferecem um ambiente harmonioso. Opções não faltam: o turista pode desde passar férias no litoral e banhar-se no Mar Negro, até visitar sítios arqueológicos, montanhas, museus e castelos que abrigam lendas.

O s roteiros turísticos ligados à cultura são destinos imperdíveis no país: são mais de 3.000 museus, mosteiros e igrejas antigas, a maioria deles em ótimo estado de conservação. Sem contar com o castelo que abriga a lenda do Conde Drácula, que é aberto às visitações.

323417_romenia

Por Rosana Radke


A cidade de Ma’lula parece ainda estar distante no tempo, como se o lugar estivesse séculos atrás de nós. Ma’lula fica em meio à Síria, abriga belos mosteiros, lendas de milagres e gente que ainda fala o aramaico.

Ma’lula, com suas paisagens, constitui um belo povoado. Imponentes rochas, casas simples e coloridas enfeitam o lugarejo.  Em época de inverno, é possível avistar de longe o topo de montanhas cobertas por neve em contraste com o solo arenoso do deserto.

O aramaico é, nos dias de hoje, a segunda língua do idioma oficial de Ma’lula. Mas a cidade é um recanto cristão no meio da Síria.

3425389-Blue_Houses-Malula

Por Rosana Radke


Localizado a 210 km de Damasco, na Síria, em meio a um oásis, o vilarejo Palmyra se destaca por suas belas ruínas que abrigam milhares de anos de história. Próximo da fronteira com o Iraque, a cidade atrai olhares dos vagos turistas que passam pela região.

Durante um milênio, Palmyra, sob outros nomes, destacou-se no comércio. Produtos que vinham da Ásia, com destino ao Mediterrâneo, tinham que passavam pela cidade.

Hoje, as ruínas são o que há de mais impressionante em Palmyra. Templos dedicados aos deuses e ainda se mantêm em pé, no meio do deserto. No alto de uma colina, o Qala’at ibn Mann, um castelo do século 16, é uma boa opção para ser conhecido por quem passa na região.

Por Rosana Radke


Para quem visitou Moscou décadas atrás são nítidas as mudanças ocorridas na cidade. A capital da Rússia mudou muito: hoje se apresenta como uma metrópole agitada e moderna. As lojas cederam lugar às butiques de marcas famosas, a vida noturna é uma das mais animadas do país, e há inúmeros hotéis luxuosos e restaurantes sofisticados.

Moscou é símbolo da tradição genuinamente russa. A conturbada história da cidade criou uma identidade própria: monumentos comunistas dividem espaços com catedrais antigas.

A cidade parece envolver um certo mistério. Às vezes, parece se contrastar, produz armas atômicas e ao mesmo tempo, impressionantes apresentações artísticas. Vale a pena um passeio para conhecer os encantos da capital russa.

Por Rosana Radke


Com 41.290 km², menor que o Estado do Rio de Janeiro, e com um pouco mais de 7 milhões de habitantes a Suíça não parece meter medo a ninguém, mas se olharmos bem as aparências realmente enganam.

A economia da Suíça é estável apresenta às vezes problemas de demanda interna causada por seu pequeno número de habitantes.

O povo suíço geralmente é elegante, cordial e reservado. Existe uma grande diversidade cultural dentro do país o exemplo disso são duas cidades, Zurique a mais jovem e agitada do país, do outro lado uma cidade mais nervosa como Genebra, uma das mais conhecidas do mundo é a sede de várias organizações da ONU e é onde está hospedada a sede da Cruz Vermelha.

Esse é um dos motivos para que mais de 50% dos habitantes do país sejam estrangeiros. Ao contrario do que se pensa Genebra não é a capital da Suíça, sendo a cidade de Berna a sua capital oficial. Vale lembrar que a Suíça possui quatro idiomas oficiais ( francês, alemão, romanche e  italiano). Isso se deve à influencia dos países que fazem fronteira com o país.

Por Levi Rocha


A Ilha de Marajó é um pedaço do Pará que fica ao norte do Estado, limitando-se com o oceano Atlântico. Aos amantes de lindas praias, a ilha possui um trecho de litoral dos mais paradisíacos que se possa imaginar.

Marajó guarda em si verdadeiros tesouros para o turista que ali chega. As danças típicas locais, a comida e arte dos ceramistas são algo inesquecível àqueles que passam pela ilha. Basta pegar uma balsa ou um barco em Belém, capital, e viajar durante três horas para se chegar a esse paraíso.

As atrações que mais se destacam são a Vila Histórica de Joanes, o Porto de Botes de Salvaterra e as praias do Pesqueiro e Barra Velha. Nunca se deve esquecer que em Marajó os passeios de barco são surpreendentes e emocionantes, revelando cada recanto da ilha.

Para saber mais sobre este cantinho do Brasil, clique aqui.

Por Lindomar Vieira


Situada entre mar e montanhas, a cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, está dividida em duas partes: a zona alta e a zona baixa. A parte alta cresceu em meio às montanhas, e o que a liga à parte baixa são diversas escadarias, a mais conhecida é a escadaria Maria Ortiz.

A cidade é carinhosamente chamada de Cidade Presépio do Brasil, por possuir muitas construções históricas, como igrejas, palácios e casas.

Vitória, a terceira capital mais antiga do país, também é repleta de belezas naturais. Praias, ilhas, e pontes que ligam as extremidades da baía embelezam a capital capixaba.

Por Rosana Radke


A cidade de Dubai é um verdadeiro parque de diversões do Oriente Médio. Os altos edifícios e a modernidade da cidade se expandiram após 1971, quando foi descoberto petróleo na região. A partir de lá, não parou de crescer e hoje, investe em turismo.

Você pode experimentar diferentes atrativos em Dubai, como esquinar na neve ou passear por dunas no deserto. Para os que gostam de compras, o Shopping dos Emirados é uma ótima opção, o complexo tem mais de 400 lojas e perfumarias.

Daqui a cerca de 10 anos, quem visitar Dubai vai poder usufruir de um parque com o dobro do tamanho da Disney World, a chamada Dubailândia, um gigantesco espaço reservado ao entretenimento.

Por Rosana Radke


A capital alemã é um dos lugares preferidas dos artistas, por que será? Deve ser porque a cidade há espaço livre de sobra, e muito livre arbítrio, talvez isso tenha feito com que artistas do mundo inteiro buscassem na capital alemã um lugar ideal para se morar.

A arte e cultura do povo alemão estão muito presentes pelas ruas de Berlim. O bairro Prenzlauer Berg é um exemplo disso, neste lugar, prédios de aparência árida e diversas galerias de arte encantam os turistas.

Mais ao longe, no bairro Kreuzberg, fica o reduto dos artistas. O velho edifício Künstlerhaus Bethanien, que seria demolido em 1974, serve de palco para artistas criar e expor suas obras. São quadros, fotografias e esculturas que podem ser apreciados de graça, ou por valor simbólico.

berlin

Por Rosana Radke


Os participantes do Ponto de Cultura Artes do Cangaço, que funciona no município de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú pernambucano, a 418 quilômetros do Recife, aproveitarão o dia de feira livre para a apresentação e exibição de vários grupos artísticos e folclóricos da região.

No Nordeste brasileiro, o dia de feira é uma data de encontro da população dos sítios, que, além de ir às compras, pára para conversar, saber das notícias e se atualizar. E vai ser nesse clima de descontração que o Ponto de Cultura Artes do Cangaço vai colocar um palco na área de alimentação da feira para as apresentações dos grupos de danças “Gilvan Santos”, “Populares Bom Jesus” e “Manoel Messias”; o grupo de xaxado “Alpercata de Rabicho”, “Conexão Hip Hop” e o “Quinteto Cabras de Lampião”.

Além dessas atrações, haverá exposição de fotografias do cangaço, estandes para a venda de literatura de cordel e de artesanatos produzidos pelo Ponto de Cultura. As apresentações terão início às 9h, se estendendo até o final da feira, por volta das 13h.

Leia mais: http://www.cabrasdelampiao.com.br

Por: Alexandre de Souza Acioli


Muitas opções de lazer. É isso que você vai encontrar ao passar férias em Santos. Não só pelas praias, e sim pela diversidade de opções culturais e de belas paisagens.

A terra do Rei Pelé, deixa todos os turistas encantados com o Museu Pelé, dedicado ao seu mais ilustre filho. Além disso, outro passeio imperdível é pelo aquário municipal e pelo orquidário, que abriga diversos tipos de pássaros exóticos.

A culinária é ótima, existe uma infinidade de bares e restaurantes, além de uma vida noturna bastante badalada. A rede hoteleira é muito boa e pode receber bem tanto turistas como empresários, já que a cidade possui o maior Porto da America Latina.

São várias opções e tenho certeza que a cidade vai encantar toda a sua família no próximo verão.

Por Susan Mélany


Paraty reúne belas paisagens, histórias e muitas qualidades dignas de um lugar que é ao mesmo tempo, Patrimônio Natural, Patrimônio Arquitetônico e Patrimônio Histórico do Brasil. Com tantos títulos, fica fácil saber que você não vai se arrepender em passar as próximas férias por lá.

As ruas são repletas de casarões antigos, que guardam muita história, com lugares que merecem ser visitados como, Igreja de Santa Rita, Igreja do Rosário e a Casa da Cultura, além disso, as praias são caso a parte, pois a água é clara e a diversidade de cores e tipos de peixes deixa qualquer visitante apaixonado.

A culinária, repleta de doces caseiros, dá água na boco dos turistas e são fácil de encontrar, já que o comércio é quase todo de rua. E um fenômeno muito legal de se ver é a cheia do mar, o que faz com que água invada as ruas da cidade sem inundar as casas, que foram construídas acima do nível do mar para evitar catástrofes por esse fenômeno. Está curioso para ver como tudo isso acontece? Então vá para Paraty.

Por Susan Mélany


Ao viajar para Olinda, o turista encontra muita história, belezas naturais, artesanatos de qualidade e muita hospitalidade.

A cidade é reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade e por isso, um simples passeios por suas ladeiras e casarões, já é uma aula de história. Além disso, a cidade viu na oportunidade de mostrar sua história e cultura para os visitantes, à oportunidade de empregar jovens moradores como guias turísticos e treiná-los e capacitá-los para fazer isso direitinho. Por isso, um dos maiores atrativos da cidade é a hospitalidade, além de boas instalações de hotéis e restaurantes.

As belezas da terra são indiscutíveis, belas paisagens naturais e belezas históricas compõem o visual exuberante. Além disso a terra é cheia de artesanatos, feitos por moradores da cidade e de uma culinária maravilhosa. Vale à pena conhecer.

Por Susan Mélany


Belas praias, com visual urbano, e uma tranqüilidade que conquista todos os turistas que visitam a cidade. É assim, que pode ser descrita a cidade de João Pessoa. As praias estão entre as mais bonitas do Brasil e as águas são limpas e claras.

Além disso, a região é rica em cultura, culinária e os moradores locais são muito receptivos com os turistas. Por isso, o numero de visitantes cresce a cada dia. Os melhores passeios são: o Theatro Santa Roza, a Igreja Nossa Senhora do Carmo e a Igreja de São Francisco.

E mais, a cidade pode ser tranqüila, mais o que não vai faltar é diversão. Vários passeios e programações para todas as idades estão por toda parte. Por isso, programe suas férias e vá conhecer João Pessoa.

Por Susan Mélany


Talvez um dos pontos mais fortes das viagens para Cuiabá seja conhecer a culinária local. Esse atrativo, deixa todos os turistas encantados com a diversidade e qualidade dos pratos que vão desde tipos de peixe como pacu e pintado, até arroz com carne seca. Os restaurantes possuem uma estrutura ótima e recebem muito bem os visitantes.

Mais nem só de culinária vive Cuiabá, a cidade tem muita história para contar e por isso, um simples passeio pelas ruas da cidade pode virar uma aula de história. As fachadas das casas contam a história de cada uma delas e deixa o visual da cidade com cara de museu ao ar livre.

Por receber muito turismo de agronegócio, com feiras e congressos da área, a cidade que normalmente fica lotada de dias de semana, oferece condições especiais para fins de semana, dias em que a quantidade de pessoas é menor. Vale à pena lembrar que faz muito calor na cidade e que por isso, as malas têm que ter roupas bem leves.

Por Susan Mélany





CONTINUE NAVEGANDO: