Visto Americano – Cancelamento das Entrevistas pelos Consulados dos EUA



Consulados americanos cancelam entrevistas devido ao Coronavírus.

Milhões de estrangeiros viajam para os Estados Unidos todos os anos. Alguns são turistas que visitam parentes e amigos, outros viajam em busca de compromissos profissionais, participam de conferências, convenções e reuniões de negócios. Outros são estudantes que frequentam cursos escolares ou universitários nos vários estados dos EUA. Profissionais estrangeiros permanecem por curtos períodos como parte de suas relações de trabalho. Outros ainda viajam para se submeter a tratamento médico, para atividades voluntárias, como jornalistas, membros de equipes aéreas ou para participar de competições esportivas. E ainda, muitos cidadãos de outros países -inclusive brasileiros- se estabelecem nos Estados Unidos permanentemente.

Porém, com a atual situação de pandemia COVID-19, os EUA -como medida preventiva contra mais propagação do vírus- cancelaram entrevistas de visto de vários países, incluindo o Brasil.



Continue lendo para mais detalhes!

Consulados dos EUA cancelam entrevistas de visto no Brasil

Na segunda-seira 16 de março, em Brasília, a Embaixada dos Estados Unidos anunciou o cancelamento de todas as entrevistas de visto no Brasil.

Veja também:  Aspen, Colorado, EUA - a cidade da neve e do ski


A medida entrará em vigor dia 17, na terça feira, o que também inclui todos os consulados do país (em Porto Alegre, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro).

O objetivo da ação é tentar conter a propagação do coronavírus.

Tradicionalmente, centenas de pessoas vão diariamente aos consulados dos Estados Unidos para participar das entrevistas, o último passo para obter autorização para entrar no território americano.

Em outras palavras, sem as entrevistas, não é possível obter um visto e viajar para lá.

Segundo o comunicado, quem já pagou a taxa para realizar a entrevista terá até um ano para reagendar o procedimento.

Porém, não foi informado novas datas para as entrevistas a serem realizadas novamente.

Qualquer pessoa que tenha um assunto urgente para discutir nos Estados Unidos e precise de um visto deve entrar em contato com o Departamento de Estado dos EUA para solicitar um procedimento de emergência.

Veja também:  Países que Não Precisam de Visto no Passaporte Brasileiro

A notificação inclui também todas as consultas de imigrantes e não-imigrantes, que estão canceladas desde a segunda feira 16 de março. Assim que novas medidas forem tomadas, e eles retomarem as operações consulares regulares, as nomeações serão disponibilizadas e você poderá reagendar.

O que é um visto?

Um cidadão de um país estrangeiro que deseja viajar para os Estados Unidos geralmente deve obter um visto. O visto é inserido no passaporte do viajante ou em outro documento de viagem adequado.

Os vistos são divididos em duas categorias principais: os destinados a residir temporariamente nos Estados Unidos (vistos de "não imigrantes") e os exigidos pelos que pretendem se mudar permanentemente para os Estados Unidos (vistos de "imigrantes"). Dentro dessas categorias principais, existem vários tipos de vistos, dependendo do motivo da viagem.

Como prevenir o contágio do COVID-19?

As regras a serem respeitadas e os hábitos a serem adotados para conter a epidemia de coronavírus são muito importantes .

Veja também:  Hotéis em Nova York - Dicas de Viagem

As recomendações indicadas pelo Ministério da Saúde incluem: lavar as mãos frequentemente com água e sabão, usar álcool gel caso não possa lavar as mãos quando estiver em lugares públicos, e principalmente, evitar o contato próximo com outras pessoas, mantendo a distância mínima de um metro e locais lotados. Não toque nos olhos, nariz e boca com as mãos, evite apertos de mão, beijos e abraços.

Ao espirrar ou tossir, cubra a boca e o nariz com lenços descartáveis. E novamente: fique em casa se tiver sintomas semelhantes aos da gripe

O que fazer em caso de sintomas

Se você acha que tem sintomas de infecção por Coronavírus, é essencial que você entre em contato com as entidades de saúde de sua cidade, e fazer os exames para confirmação.

É importante, no entanto, não ir à sala de emergência, nem ao clínico geral (que pode ser contatado por telefone para obter informações), porque você corre o risco de infectar outras pessoas.

M.C

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *